Geral

Motivado por ciúmes, homem mata feirante e leva tiro na cabeça

Ednaldo Andrade da Silva, de 30 anos, morreu vítima de disparo de arma de fogo, por volta das 22h deste domingo (16), no Jardim Bálsamo, em Campo Grande. O autor dos disparos, seria José Roberto de Oliveira Araújo, 20 anos, que também foi atingido na cabeça e está internado em estado grave na Santa Casa. De […]

Arquivo Publicado em 17/12/2012, às 14h49

None

Ednaldo Andrade da Silva, de 30 anos, morreu vítima de disparo de arma de fogo, por volta das 22h deste domingo (16), no Jardim Bálsamo, em Campo Grande. O autor dos disparos, seria José Roberto de Oliveira Araújo, 20 anos, que também foi atingido na cabeça e está internado em estado grave na Santa Casa.

De acordo com o delegado plantonista da Depac Piratininga, Ivahyr Luiz de Campos, a vítima estava em frente a uma residência, no Bálsamo, com mais dois amigos e duas meninas, sendo que uma delas seria a ex-namorada de José Roberto.

O delegado explicou que a motivação do crime seria ciúmes. Conforme os registros, José Roberto foi em direção onde o grupo estava e começou a atirar neles. Enquanto maior parte do grupo conseguiu fugir e se esconder, os disparos atingiram Ednaldo.

Testemunhas acreditam que o ciúmes de José Roberto surgiu porque minutos antes, Ednaldo e sua ex teriam ido a uma conveniência comprar bebida alcoólica. Ao retornar em frente à casa, o grupo encontrou Ednaldo e José Roberto feridos. Ednaldo foi socorrido pelos amigos e levado à UPA (Unidade de Pronto Atendimento) do Universitário, mas não resistiu aos ferimentos e faleceu.

O delegado contou que um dos amigos, identificado apenas como “Paulinho”, disse que havia atirado em José Roberto. Ele teria pego a arma que estava com a vítima e atingiu o rapaz na cabeça.

José Roberto foi socorrido pelo Samu e encaminhado para a Santa Casa. Ele está sob escolta policial, em coma induzido e em estado grave. No caminho para o UPA, Paulinho contou que seguiu de motocicleta e jogou a arma em um córrego. Apesar das buscas, a arma usada pelo autor dos disparos contra Ednaldo também não foi localizada.

“Tudo indica, que a motivação seria ciúmes. Populares informaram que a vítima era uma pessoa de bem, feirante. Mas devemos analisar o fato de Ednaldo também estar armado”, contou delegado. O crime passará a ser investigado pela 5ª Delegacia de Polícia.

Jornal Midiamax