Geral

Ministro da Agricultura participa de reunião com Sindicato Rural de Bela Vista

Durante a reunião no auditório do Sindicato Rural de Ponta Porã (MS), na manhã desta sexta-feira (6), o Ministro da Agricultura, Pecuária e Abastecimento, Mendes Ribeiro, tranquilizou os produtores da região de fronteira e garantiu que o desafio de impedir a entrada da febre aftosa em território brasileiro será vencido num trabalho que envolve o […]

Arquivo Publicado em 07/01/2012, às 20h33

None
1061289756.jpg

Durante a reunião no auditório do Sindicato Rural de Ponta Porã (MS), na manhã desta sexta-feira (6), o Ministro da Agricultura, Pecuária e Abastecimento, Mendes Ribeiro, tranquilizou os produtores da região de fronteira e garantiu que o desafio de impedir a entrada da febre aftosa em território brasileiro será vencido num trabalho que envolve o governo e os produtores. Compareceram representantes da classe produtora, presidentes de sindicatos rurais de Mato grosso do Sul e autoridades políticas.

De Bela Vista, participaram da reunião Afonsinho Pinheiro, Diorandes Fermino Carlos Filho e Reinaldo Miranda Benites, representando o sindicato rural de Bela Vista e os produtores bela-vistenses. Na conversa com o ministro, Afonsinho solicitou a reativação imediata do posto de atendimento do MAPA na cidade, fechado desde o ano passado e também a retomada da importação e exportação de gado vivo, tão logo o Paraguai recupere o status de área livre de febre aftosa.

Afonsinho explicou ao ministro Mendes Ribeiro, que o comércio de gado entre produtores dos dois países, sempre existiu, faltando apenas à desburocratização deste comércio, evitando assim o descaminho que preocupa as autoridades e produtores rurais dos dois países.

Mendes Ribeiro recebeu as reivindicações feitas em nome do sindicato rural, com muita simpatia, entendendo que este é o caminho para que o comércio entre os dois países se fortaleça e se torne legal.

As reivindicações feitas para o ministro recebeu o apoio do superintendente federal de agricultura, Orlando Baez, que falou ao ministro que esta é uma reivindicação antiga defendida pelo sindicato rural bela-vistense.

(Com informações da assessoria)

Jornal Midiamax