Geral

Ministro da Agricultura diz que tomará medidas para evitar entrada de gado paraguaio

O ministro da Agricultura, Mendes Ribeiro Filho, disse hoje (3) que a sua pasta tomará todas as medidas necessárias para proteger a fronteira do Brasil de uma possível entrada do vírus da febre aftosa confirmado pelo governo do Paraguai no Departamento de San Pedro. “Agiremos da mesma forma que [agimos] há mais de três meses. […]

Arquivo Publicado em 03/01/2012, às 21h59

None

O ministro da Agricultura, Mendes Ribeiro Filho, disse hoje (3) que a sua pasta tomará todas as medidas necessárias para proteger a fronteira do Brasil de uma possível entrada do vírus da febre aftosa confirmado pelo governo do Paraguai no Departamento de San Pedro.


“Agiremos da mesma forma que [agimos] há mais de três meses. Estamos sintonizados com os secretários de agricultura dos estados que têm fronteira com aquele país, e agiremos com a mesma prontidão e eficiência”, disse Mendes Ribeiro, se referindo a outro foco de aftosa detectado na mesma região do Paraguai em setembro e que levou à suspensão da entrada de carne bovina paraguaia no território brasileiro.


O ministro disse que ainda não tinha sido desativado o estado de alerta decretado na época do foco anterior e que, se necessário, solicitará apoio logístico do Exército Brasileiro e da Polícia Federal. O ministério informou que até o fim da tarde divulgará uma nota oficial com as medidas que serão tomadas.


Jornal Midiamax