Geral

Ministério da Saúde libera R$ 37,9 milhões para HU/UFMS

O Ministério da Saúde publicou no diário oficial de hoje (29), a portaria nº 2.454, de 26 de outubro de 2012, destinando mais R$ 37,9 milhões em investimentos para o Hospital Universitário da UFMS. Ao todo foram liberados R$ 54,8 milhões para seis hospitais. O recurso faz parte do Rehuf (Programa Nacional de Reestruturação dos […]

Arquivo Publicado em 29/10/2012, às 13h25

None

O Ministério da Saúde publicou no diário oficial de hoje (29), a portaria nº 2.454, de 26 de outubro de 2012, destinando mais R$ 37,9 milhões em investimentos para o Hospital Universitário da UFMS. Ao todo foram liberados R$ 54,8 milhões para seis hospitais. O recurso faz parte do Rehuf (Programa Nacional de Reestruturação dos Hospitais Universitários Federais).

De acordo com a publicação, os valores disponibilizados às universidades federais são destinados à realização de reformas. No HU/UFMS o valor será divido em:

R$ 700,6 mil para o PAM,

R$ 893,3 mil para a Cl. Intermediária UCO,

R$ 798 mil para Cl. Cirúrgica Cardiovascular ,

R$ 1,3 milhão para Enf. UTI Neonatal/BLH,

R$ 1,1 milhão para a Enf. Pediatria,

R$ 917,6 mil para Un. Terapia Renal (Diálise),

R$ 2 milhões para a Enf. Cl. Médica,

R$ 251,7 mil para Setor Órteses e Próteses,

R$ 262,2 mil para Lab. Células Tronco (CTC),

R$ 2,2 milhões para Lab. Análises Clínicas,

R$ 3,2 milhões para Almoxarifado/Patrimônio,

R$ 507,7 mil para Cl. Cirúrgica,

R$ 6,9 milhões para Ambulatório,

R$ 10,1 milhões para obras no telhado, e

R$ 6,5 milhões para pintura externa.

Os outros Estados que receberam investimentos foram Fortaleza-CE (R$ 2,2 milhões), Salvador-BA (3,4 milhões), São Paulo-SP (5,6 milhões) e Rio de Janeiro-RJ (5,4 milhões).

A liberação dos recursos fica condicionada à comprovação por parte dos hospitais, da necessidade de pagamento imediato. Os valores correm por conta do programa de Trabalho 10.302.1220.20G8.0001 – Atenção à Saúde nos Serviços Ambulatoriais e Hospitalares Prestados pelos Hospitais Universitários. Assina o ministro da saúde, Alexandre Padilha.

Jornal Midiamax