Geral

Minério de ferro fecha o dia negociado a US$ 97,5 a tonelada

O minério de ferro manteve sua rota de queda iniciada a sete semanas e fechou o dia negociado a US$ 97,5 a tonelada no mercado à vista chinês. Mas este valor ainda é superior ao piso de US$ 60 no começo de 2009, no auge da crise financeira que abalou os mercados e derrubou os […]

Arquivo Publicado em 27/08/2012, às 23h26

None

O minério de ferro manteve sua rota de queda iniciada a sete semanas e fechou o dia negociado a US$ 97,5 a tonelada no mercado à vista chinês. Mas este valor ainda é superior ao piso de US$ 60 no começo de 2009, no auge da crise financeira que abalou os mercados e derrubou os preços das commodities minerais e metálicas.


A trajetória de queda do produto está preocupando as grandes mineradoras. Vale, BHP Billiton e Rio Tinto apostavam em uma recuperação do preço do minério a partir desta semana. Apesar da queda, a média do terceiro trimestre ainda está em US$ 120.


Se houver uma reversão da tendência em setembro, como espera o presidente da Vale, Murilo Ferreira, em linha com a projeção de alguns analistas de mercado, ocorrendo volta ao patamar de US$ 120 devido a medidas de aquecimento na China, o impacto sobre o balanço das empresas, comparado com segundo trimestre, pode ser atenuado. Mesmo assim, deve ficar abaixo dos resultados anteriores.


Jornal Midiamax