Geral

“Meu pai sonha que eu jogue no Corinthians”, diz o ex-palmeirense Kleber

O atacante Kleber, hoje no Grêmio, foi motivo de polêmica em sua passagem pelo Palmeiras. Uma das principais situações contraditórias seria um suposto apreço ao Corinthians. Em entrevista ao Esporte Fantástico, da Rede Record, o Gladiador disse que se atuasse no clube realizaria sonho de seu pai. Além disso negou ter se abalado com proposta […]

Arquivo Publicado em 28/01/2012, às 00h06

None

O atacante Kleber, hoje no Grêmio, foi motivo de polêmica em sua passagem pelo Palmeiras. Uma das principais situações contraditórias seria um suposto apreço ao Corinthians. Em entrevista ao Esporte Fantástico, da Rede Record, o Gladiador disse que se atuasse no clube realizaria sonho de seu pai. Além disso negou ter se abalado com proposta do Flamengo, enquanto atuava pelo Palmeiras.


Kleber nunca admitiu publicamente, mas teria sido torcedor do time do Parque São Jorge. Há, inclusive, uma carteirinha do jogador na ‘Gaviões da Fiel’. Ele recebeu proposta do alvinegro no início do ano, negou, mas se aceitasse realizaria o sonho de seu pai.


“A gente conversou, houve uma proposta, mas para mim não era tão boa como a do Grêmio. Mas é o sonho do meu pai, sempre foi, me ver jogando no Corinthians”, explicou.


No Palmeiras, Kleber bateu de frente com Felipão. Os problemas teriam iniciado a partir de uma proposta do Flamengo. No entanto, segundo ele, não houve abalo. Kleber acredita que foi algo comum, e não negou a iniciativa rubro-negra.


“Acho que o clube é muito grande para se desestabilizar com uma proposta. Imagine se o Luis Fabiano receber uma proposta. O São Paulo vai perder os jogos porque ele recebeu uma proposta?”, indagou.


O clima ruim com o treinador palmeirense ficou claro em sua saída. O Gladiador chegou a afirmar que 80% dos jogadores não gostavam do treinador pentacampeão do mundo com a seleção brasileira.


“Sem cabeça, sem concentração, sem aquela vontade de estar ali. Às vezes, você está meio chateado com um monte de coisas e acaba levando para o campo, para os treinamentos. É assim em toda área”, justificou Kleber para as más atuações no Palmeiras.


A entrevista vai ao ar na íntegra na edição deste sábado do programa. Kleber assinou contrato com o Grêmio por cinco temporadas e tem salários que beiram R$ 500 mil mensais. Após uma estreia muito ruim, quando perdeu chance clara e participou da jogada do segundo gol do adversário, o camisa 30 se recuperou, marcou um e deu assistência para outro em sua segunda partida pelo time portoalegrense.


Jornal Midiamax