Geral

Massa renova com Ferrari e ‘guarda lugar’ para Vettel em 2014

Felipe Massa seguirá na Ferrari em 2013, porém perderá a vaga como parceiro de Fernando Alonso para Sebastian Vettel a partir de 2014. Essa é a informação publicada nesta segunda-feira pelo site da rede britânica BBC. “Vettel pronto para se juntar à Ferrari em 2014, mas Massa fica para 2013”, titula o site do veículo, […]

Arquivo Publicado em 15/10/2012, às 13h19

None
422238076.jpg

Felipe Massa seguirá na Ferrari em 2013, porém perderá a vaga como parceiro de Fernando Alonso para Sebastian Vettel a partir de 2014. Essa é a informação publicada nesta segunda-feira pelo site da rede britânica BBC.


“Vettel pronto para se juntar à Ferrari em 2014, mas Massa fica para 2013”, titula o site do veículo, que ainda completa: “fontes dentro da Ferrari dizem que eles já têm um acordo com Vettel, com uma opção para o alemão se juntar ao time em 2014”.


Vettel, 25 anos, tem contrato com a Red Bull até 2014 e negou recentemente que tenha qualquer tipo de acordo firmado com a Ferrari. Em entrevista à própria BBC, o chefe da equipe austríaca, Christian Horner, também desmentiu a informação, afirmando que não há “sombra de dúvida” quanto ao fato de que o atual bicampeão mundial permanecerá na equipe em 2014.


Apesar disso, a rede aponta que a “Ferrari manterá Massa na próxima temporada no que está planejado como um acordo tapa buraco antes da chegada de Vettel”.


O brasileiro, 31 anos, tem contrato com o time até o fim desta temporada. Ele é o nono colocado do Mundial de Pilotos de 2012 com 81 pontos, contra 209 do vice-líder Alonso, mas vem em evolução, tendo pontuado nas últimas seis corridas do ano. Na primeira posição da tabela aparece o próprio Vettel, com 215 pontos.


Presidente desmente Vettel na Ferrari: “não quero dois galos no mesmo galinheiro”


Também nesta segunda-feira, o presidente da Ferrari, Luca di Montezemolo, indicou que Felipe Massa deve permanecer na equipe, informando que tem uma reunião marcada com o brasileiro para esta terça-feira em Maranello, na Itália. “Teremos a chance de conversar sobre seu futuro e então eu tomarei uma decisão”, disse o dirigente, em declarações publicadas no site oficial da Ferrari.


Di Montezemolo, que também se definiu “feliz por ver Massa de volta ao alto nível”, ainda negou que pretenda contratar Vettel em breve. “Hoje o problema não é com os pilotos. 2013 ainda está por vir, mas não quero ter dois galos no mesmo galinheiro e sim dois pilotos que correm pela Ferrari e não por eles mesmos”, disse.


O presidente, que anteriormente havia elogiado o piloto alemão, ainda completou, citando muitas das duplas formadas pela Ferrari desde que ele assumiu o comando da companhia italiana, em 1991: “não quero problemas com rivalidades, o que não tivemos entre (Michael) Schumacher e (Eddie) Irvine, entre Schumacher e (Rubens) Barrichello, entre Alonso e Massa ou entre Massa e Schumi ou Massa e (Kimi) Raikkonen”.


Em sua nota, a BBC informa que “a potencial mudança de Vettel para a Ferrari foi sancionada por Alonso, o piloto número 1” da equipe. O espanhol, 31 anos, tem contrato com a escuderia até 2016.

Jornal Midiamax