Geral

Marussia imita McLaren e lança carro sem “bico de ornitorrinco”

A McLaren não será a única escuderia a utilizar um carro com o bico convencional na temporada 2012 da Fórmula 1. Nesta segunda-feira, a Marussia se juntou à equipe inglesa e apresentou um veículo sem o degrau na parte frontal, o chamado “bico de ornitorrinco” que se mostrou uma tendência na categoria. No fim de […]

Arquivo Publicado em 05/03/2012, às 10h50

None
2085495911.jpg

A McLaren não será a única escuderia a utilizar um carro com o bico convencional na temporada 2012 da Fórmula 1. Nesta segunda-feira, a Marussia se juntou à equipe inglesa e apresentou um veículo sem o degrau na parte frontal, o chamado “bico de ornitorrinco” que se mostrou uma tendência na categoria.

No fim de fevereiro, a revista alemã Auto Motor und Sport já havia adiantado que a Marussia seguiria o padrão da McLaren – o que não é uma coincidência. Os times mantêm uma parceria graças à qual a escuderia russa pode utilizar a infra-estrutura da fábrica de Woking, sede da equipe britânica.

A apresentação do monoposto batizado de MR01 ocorreu nesta segunda em Silverstone, onde o veículo entrou em ação também nesta manhã. Chefe da equipe que até o ano passado se chamava Virgin, John Booth se disse “satisfeito” após “uma longa e frustrante espera” até o carro ir à pista pela primeira vez. As declarações foram publicadas no site da revista inglesa Autosport.

A Marussia esperava colocar o modelo para participar dos testes de Barcelona, que fecharam a pré-temporada da F1 entre a última quinta-feira e o último domingo, mas não pode fazê-lo por ter falhado nos crash-tests da Federação Internacional de Automobilismo (FIA).

As atividades em Silverstone, que continuam nesta segunda e vão até terça-feira, foram classificadas por Booth como “eventos promocionais”. Conforme ele disse, os pilotos Timo Glock e Charles Pic poderão “sentir o carro”, que continua sendo equipado com motor da Cosworth. Porém, o alemão e o francês não terão como tirar “nenhuma conclusão real” até 16 de março, quando acontecem os treinos livres para o Grande Prêmio da Austrália, o primeiro do Mundial de 2012.

O dirigente ainda admitiu que a parceria técnica com a McLaren influenciou no design do carro, que não escolheu a mesma trajetória de Red Bull, Ferrari, Mercedes, Lotus, Force India, Sauber, Toro Rosso, Williams e Caterham – todas essas fabricaram veículos com um degrau na parte dianteira para esta temporada. A novidade se explica pelo novo regulamento técnico da F1, que prevê altura máxima de 55 cm para o bico dos modelos.

Das 12 equipes da categoria, apenas a HRT ainda não lançou seu novo monoposto, o que deve fazer também nesta segunda, em um shakedown programado para o circuito de Barcelona.

Jornal Midiamax