Geral

Marcha contra corrupção acontece neste sábado na praça do Rádio Clube

Neste sábado (21), dia das comemorações do mártir da independência, Joaquim José da Silva Xavier – Tiradentes – um grupo formado por meio de redes sociais estará realizando uma marcha contra a corrupção, a partir das 10h, na praça do Rádio Clube Cidade. Intitulado Dia do Basta à Corrupção, o movimento reivindica que a corrupção […]

Arquivo Publicado em 20/04/2012, às 13h51

None

Neste sábado (21), dia das comemorações do mártir da independência, Joaquim José da Silva Xavier – Tiradentes – um grupo formado por meio de redes sociais estará realizando uma marcha contra a corrupção, a partir das 10h, na praça do Rádio Clube Cidade. Intitulado Dia do Basta à Corrupção, o movimento reivindica que a corrupção seja enquadrada na classificação de crime hediondo, o fim do foro privilegiado e o fim do voto obrigatório. Como o protesto é nacional, até o momento 42 cidades confirmaram a manifestação, que deverá ocorrer de forma simultânea em todo o país.


De acordo com um dos organizadores, Kauê Eskobar, 18, a expectativa é de que cerca de 700 a 900 pessoas participem do ato na manhã de sábado. Ele informou que no início deste mês, a OAB (Ordem dos Advogados do Brasil – seccional Mato Grosso do Sul), aderiu ao movimento, o que aumentou de forma significativa o contingente de pessoas envolvidas. O advogado Jully Rieder, informou que a Ordem já tinha planos de fazer um ato público contra a corrupção e que nos preparativos ficou sabendo do movimento.


“Após descobrirmos essa comunidade, que já vinha sendo tocada aqui no Estado desde o ano passado por alguns jovens, nos reunimos e o Conselho seccional aprovou por unanimidade o apoio. Com isso pegamos carona e começamos a mobilizar as entidades como Fetems (Federação dos Trabalhadores em Educação), movimento estudantil, Arquidiocese de Campo Grande e continuamos a buscar mais apoios”, explicou.


Os coordenadores do Dia do Basta informaram ainda que até sábado haverá panfletagem nas universidades e faculdades da Capital e na quinta-feira será realizada uma reunião, com o intuito de definir a organização do dia do evento. Eles fizeram questão de destacar que “o movimento não possui envolvimento partidário e nem faz promoção pessoal de qualquer espécie”.

Jornal Midiamax