Geral

Marcelinho Paraíba presta depoimento sobre suposto comportamento inadequado de delegado em festa

O jogador do Sport Club do Recife, Marcelinho Paraíba, prestou depoimento na tarde desta terça-feira (24), na 7ª delegacia distrital de Campina Grande (PB). Ele foi intimado como testemunha no inquérito que investiga denúncia de comportamento inadequado por parte do delegado Rodolfo Pinheiro, durante uma festa oferecida pelo jogador em novembro do ano passado. Na […]

Arquivo Publicado em 24/01/2012, às 23h35

None

O jogador do Sport Club do Recife, Marcelinho Paraíba, prestou depoimento na tarde desta terça-feira (24), na 7ª delegacia distrital de Campina Grande (PB). Ele foi intimado como testemunha no inquérito que investiga denúncia de comportamento inadequado por parte do delegado Rodolfo Pinheiro, durante uma festa oferecida pelo jogador em novembro do ano passado.


Na ocasião, Marcelinho foi acusado de estupro por uma advogada que participou da festa. Ao saber do suposto crime, o delegado, que é irmão da denunciante, teria invadido o sítio do jogador e feito disparos com arma de fogo.


De acordo com o advogado Afonso Vilar, no depoimento, o jogador reafirmou ter presenciado os disparos.


O delegado Pinheiro não foi localizado para dar sua versão sobre o caso. Ele foi afastado de suas funções após a suspeita de ter atirado durante a festa.


Na última semana, o jogador de futebol foi indiciado por suspeita de estupro. Marcelinho Paraíba deverá responder ao processo em liberdade. “Ele tem a consciência tranquila. Marcelinho sustenta que a denúncia não procede simplesmente porque isso não aconteceu”, disse o advogado.


O caso
Em depoimento, a advogada afirmou que o jogador tentou beijá-la à força. O laudo do Instituto de Medicina Legal (UML) apontou que a advogada sofreu agressão física.  


A festa do jogador foi interrompida pela chegada da Polícia Militar. Marcelinho e outros três homens foram presos e liberados horas depois.


Jornal Midiamax