Geral

Mães admitem que sabiam do trabalho de adolescentes no Lixão

Chamadas a compareceram no Conselho Tutelar, as mães dos adolescentes flagrados no Lixão de Campo Grande admitiram que sabiam que os filhos, os dois com 15 anos, trabalhavam no local. O casal foi apreendido pela Guarda Municipal, na manhã desta terça-feira (6), catando material reciclável no aterro sanitário. A mãe da menina, Cecília da Silva, […]

Arquivo Publicado em 06/03/2012, às 14h49

None

Chamadas a compareceram no Conselho Tutelar, as mães dos adolescentes flagrados no Lixão de Campo Grande admitiram que sabiam que os filhos, os dois com 15 anos, trabalhavam no local. O casal foi apreendido pela Guarda Municipal, na manhã desta terça-feira (6), catando material reciclável no aterro sanitário.


A mãe da menina, Cecília da Silva, 29 anos, confessou que desde dezembro a filha vai para o Lixão, e com o dinheiro ajudava nas despesas diárias da casa, como comprar café, pão, carne.


Ela contou também que a adolescente estuda à noite, no 1º ano do ensino médio, e que, geralmente, ia para o Lixão durante a madrugada. “Agora vai ser difícil sem a ajuda desse dinheiro, já que a minha filha não vai mais poder ir trabalhar”, admitiu.


Segundo a mãe do garoto, Eliane Silva Santos, 38 anos, se ele ficar sozinho em casa, provavelmente voltará para o aterro. “Vou ter que deixar meu trabalho para ficar com ele”, disse a auxiliar de serviços gerias.


Eliane falou que o adolescente parou de estudar em 2010, quando cursava o 4º ano do ensino fundamental. A família dele é de Corumbá e, de acordo com a mãe dele, estão na Capital há sete meses.


De acordo com o conselheiro Benedito Carlos, as mães foram advertidas pelo Conselho Tutelar e se os dois retornarem ao Lixão, elas podem responder criminalmente.

Jornal Midiamax