Geral

Mãe suspeita de queimar bebê aguarda processo em liberdade

A mãe R.S.C., de 28 anos, suspeita de ter mordido e queimado o próprio filho de seis meses, foi indiciada e aguarda convocações da justiça em liberdade. De acordo com informações da Polícia Civil de Ladário, a agressão não foi considerada tão grave que pudesse ocasionar a prisão da jovem. O caso é acompanhado pelo […]

Arquivo Publicado em 19/01/2012, às 12h34

None

A mãe R.S.C., de 28 anos, suspeita de ter mordido e queimado o próprio filho de seis meses, foi indiciada e aguarda convocações da justiça em liberdade.

De acordo com informações da Polícia Civil de Ladário, a agressão não foi considerada tão grave que pudesse ocasionar a prisão da jovem. O caso é acompanhado pelo Fórum do município.

O caso aconteceu na tarde de terça-feira (17), no bairro Alta Floresta. A Polícia Militar teria sido chamada quando o bebê deu entrada no posto de saúde da cidade. A criança estava com ferimentos na região dos joelhos das duas pernas.

À polícia, a mãe alegou que o menino teria caído da banheira, mas de acordo com profissionais da saúde os ferimentos são característicos de mordidas e queimaduras.

A jovem responderá por maus tratos e lesão corporal de natureza grave. Após receber alta, a criança será encaminhada para o abrigo de amparo à criança Marisa Pajem, no bairro Cristo Redentor, em Corumbá.

Jornal Midiamax