Geral

Lula cancela sua viagem à Holanda por recomendações médicas

Seguindo orientações médicas, o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva cancelou sua viagem à Holanda, onde iria receber o prêmio International Four Freedoms Award 2012 (Prêmio Internacional das Quatro Liberdades 2012) no dia 12 de maio. O anúncio foi feito nesta sexta-feira (27) pelo Instituto Franklin e Eleanor Roosevelt. “Os médicos desaconselharam o ex-presidente, que […]

Arquivo Publicado em 27/04/2012, às 15h00

None

Seguindo orientações médicas, o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva cancelou sua viagem à Holanda, onde iria receber o prêmio International Four Freedoms Award 2012 (Prêmio Internacional das Quatro Liberdades 2012) no dia 12 de maio.


O anúncio foi feito nesta sexta-feira (27) pelo Instituto Franklin e Eleanor Roosevelt. “Os médicos desaconselharam o ex-presidente, que ainda se recupera do tratamento de um câncer na laringe, a participar de um programa extenso e realize uma viagem tão longa”, apontava o comunicado da instituição que organiza o prêmio.


O International Four Freedoms Award 2012, o principal prêmio dos cinco que a instituição outorga anualmente, foi concedido ao ex-presidente Lula em reconhecimento de seu trabalho no combate as desigualdades sociais e a pobreza no Brasil.


O primeiro-ministro interino da Holanda, Mark Rutte, entregará a condecoração à diretora do Instituto Lula, Clara Ant, em uma cerimônia que também será acompanhada pela rainha Beatrix da Holanda.


A edição 2012 do prêmio ainda premiará a feminista e política hindu Ela Bhatt, que lutou pelos direitos das mulheres na Índia, e o ministro da Energia iraquiana Hussein Shahristani, preso em 1980 pelo regime do Saddam Hussein por frear a construção de armas nucleares.


A rede de televisão Al Jazeera também será premiada por seu papel em defesa da liberdade de expressão, assim como o patriarca ecumênico da Constantinopla (ortodoxo), Bartolomeu I, por seu espírito conciliador entre as religiões muçulmana, judia e cristã.


Em edições anteriores, o International Four Freedoms Award premiou personalidades como o rei Don Juan Carlos I, a princesa Juliana da Holanda (mãe da rainha Beatrix), Harold Mcmillan, Sandro Pertini, Helmut Schmidt, Vaclac Havel, Javier Pérez de Cuellar e Dalai Lama.


*Com informações da Agência EFE.

Jornal Midiamax