Geral

Lanterninha, Suél critica força do poder econômico

O candidato a prefeito da Capital, Suél Ferranti (PSTU), disse não estar surpreso com a pesquisa que o coloca com menos de 1% das intenções de voto. “Sempre foi assim, o poderio tem se mantido na frente há anos, fica difícil combater a exclusividade que o governo tem até mesmo com a imprensa local”, reclamou. […]

Arquivo Publicado em 23/07/2012, às 14h20

None
1387724543.jpg

O candidato a prefeito da Capital, Suél Ferranti (PSTU), disse não estar surpreso com a pesquisa que o coloca com menos de 1% das intenções de voto. “Sempre foi assim, o poderio tem se mantido na frente há anos, fica difícil combater a exclusividade que o governo tem até mesmo com a imprensa local”, reclamou.


Creditando a baixa estimativa de voto à falta de conhecimento pela população de seus projetos políticos, o candidato do PSTU disse que trabalhará ainda mais na sua campanha. “Devo fazer mais reuniões, mais caminhadas, mostrar ao povo o que pretendo fazer para melhorar Campo Grande”, prometeu Suél.


Com a meta de chegar ao menos a 1,5% da estimativa de voto, Suél disse que sua pretensão no momento é passar o candidato do Partido Verde, Marcelo Bluma. “De repente se der uma zebra, fico à frente do Bluma”, colocou o candidato que estará nesta segunda-feira (23) realizando uma bandeirada na Avenida Afonso Pena, esquina com a Rua Pedro Celestino.

Jornal Midiamax