Geral

Jovens internados votam em 11 estados Jovens internados votam em 11 estados

Cerca de 4.800 jovens internados com mais de 16 anos e título de eleitor poderão votar em 11 estados, neste domingo (7), em mesas eleitorais e urnas eletrônicas instaladas em centros socioeducativos do Acre, Amapá, da Bahia, de Minas Gerais, do Paraná, de Pernambuco, do Piauí, Rio Grande do Sul, de Santa Catarina, São Paulo […]

Arquivo Publicado em 07/10/2012, às 12h54

None

Cerca de 4.800 jovens internados com mais de 16 anos e título de eleitor poderão votar em 11 estados, neste domingo (7), em mesas eleitorais e urnas eletrônicas instaladas em centros socioeducativos do Acre, Amapá, da Bahia, de Minas Gerais, do Paraná, de Pernambuco, do Piauí, Rio Grande do Sul, de Santa Catarina, São Paulo e do Tocantins. Segundo informações do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), os jovens têm direito a votar desde 2009, graças a portaria conjunta editada pelo TSE e pelo Conselho Nacional de Justiça (CNJ).


De acordo com o Conselho Nacional de Justiça, os juízes eleitorais escolheram os mesários que vão atuar nesses locais, preferencialmente, entre os servidores dos departamentos penitenciários, representantes da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB) e da Defensoria Pública. “É muito importante que esses jovens possam exercer sua cidadania”, afirma a juíza auxiliar da presidência do CNJ, Joelci Diniz, que fiscaliza as unidades de internação em todo o país pelo Programa Justiça ao Jovem. Essa medida foi possível, neste ano, devido a convênios assinados entre governos estaduais e a Justiça Eleitoral para que essa parte da população, mesmo privada de liberdade, pudesse ir às urnas.

Jornal Midiamax