Geral

Jovem acerta irmão de 9 anos com um tiro no rosto em Brasília

Um menino de 9 anos foi atingido no rosto com um tiro efetuado acidentalmente pelo irmão de 12 anos na noite de quinta-feira, em Ceilândia, região de Brasília. O delegado Robson Cândido da Silva afirmou que a arma usada era do pai dos meninos, e que ela estava guardada em um armário na casa da […]

Arquivo Publicado em 15/06/2012, às 17h30

None

Um menino de 9 anos foi atingido no rosto com um tiro efetuado acidentalmente pelo irmão de 12 anos na noite de quinta-feira, em Ceilândia, região de Brasília. O delegado Robson Cândido da Silva afirmou que a arma usada era do pai dos meninos, e que ela estava guardada em um armário na casa da família. A criança ferida está internada em estado grave no Hospital de Base.


De acordo com o delegado, da 23ª Delegacia de Policia, as investigações ainda devem apontar em quais circunstâncias ocorreu o disparo, já que o jovem, ainda em choque, não conseguiu dar informações precisas sobre o acontecimento. “A gente ainda não sabe as circunstâncias, se ele foi mostrar para a criança e acabou efetuado o disparo porque a arma caiu, não está claro.”


O pai das crianças foi autuado em flagrante por posse ilegal e omissão na guarda da arma. Após pagar a fiança de R$ 1,5 mil, ele foi liberado, e deve responder em liberdade. “E o adolescente, em tese, deve responder por lesão corporal culposa”, disse o delegado.


A polícia deve ouvir o jovem junto com agentes da Delegacia do Adolescente e psicólogos. “A gente falou com ele informalmente. Ele estava abatido, abalado. Estava dando informações nebulosas, devido seu estado, o que é natural. Mas vamos ouvi-lo novamente”.

Jornal Midiamax