Geral

Jogador que agrediu árbitro no Douradão é suspenso por seis meses

A agressão do meia Alex Castilho ao árbitro Gilson Gonçalves dos Santos na partida em que o Bonitto, time de Alex, perdeu para o União Inter Florida ainda pela pela primeira fase da Série B do Campeonato Estadual vai afastar o jogador dos gramados por 180 dias. A decisão foi tomada nesta semana pelo Tribunal […]

Arquivo Publicado em 26/08/2012, às 13h11

None

A agressão do meia Alex Castilho ao árbitro Gilson Gonçalves dos Santos na partida em que o Bonitto, time de Alex, perdeu para o União Inter Florida ainda pela pela primeira fase da Série B do Campeonato Estadual vai afastar o jogador dos gramados por 180 dias. A decisão foi tomada nesta semana pelo Tribunal de Justiça Desportiva (TJD-MS) após analisar a súmula do jogo.


Alex foi julgado por ter sido incluído no artigo 253 do Código Brasileirod de Justiça Desportiva (CBJD). Segundo o relato do árbitro, o jogador o agrediu com uma cabeçada após ser advertido pela segunda vez com o cartão amarelo e consequentemente expulso da partida. Nos documentos, Gilson anexou o Boletim de Ocorrência lavrado por ele após a partida.


Apesar do tempo que ficará afastado do futebol profissional, a situação de Alex Castilho poderia ser ainda pior já que a punição imposta à ele é a mínima prevista no artigo. Se fosse condenado à pena máxima, o jogador ficaria fora do futebol por 540 dias ou um ano e meio.


Caso algum clube queira contar com o jogador na próxima temporada, terá que esperá-lo até o fim de fevereiro. A previsão é que o próximo Campeonato Estadual comece no terceiro fim de semana de janeiro, o que deixaria Alex fora das primeiras quatro ou cinco rodadas.

Jornal Midiamax