Geral

Irmãos ficam emocionados ao se encontrarem após conversas apenas pelo Facebook

O assessor parlamentar na Câmara Municipal de Sidrolândia, Rafael Brites Teixeira, de 24 anos, ficou feliz e bastante emocionado ao conhecer pessoalmente seus dois irmãos em Penápolis, interior de São Paulo no final de semana passado. Os irmãos foram localizados pelos sites de relacionamento.  Ele resolveu fazer uma surpresa e visitar os irmãos, Cesar Augusto Uemura […]

Arquivo Publicado em 02/12/2012, às 15h27

None
1733842129.jpg

O assessor parlamentar na Câmara Municipal de Sidrolândia, Rafael Brites Teixeira, de 24 anos, ficou feliz e bastante emocionado ao conhecer pessoalmente seus dois irmãos em Penápolis, interior de São Paulo no final de semana passado. Os irmãos foram localizados pelos sites de relacionamento. 

Ele resolveu fazer uma surpresa e visitar os irmãos, Cesar Augusto Uemura Junior, 25 anos, e Amos Amaro, 28. “Fiquei emocionado com o nosso encontro. Fui à cidade e só depois, avisei que estava lá. Eles foram rapidamente ao meu encontro, foram bem receptivos. Passamos um dia maravilhoso, jogamos vídeo game, contamos histórias, vimos fotos, conheci seus familiares. Também passeamos pela cidade e eles mostraram onde foram criados. Foi ótimo”.


História


Rafael foi criado em Sidrolândia com os avós maternos, Maria Rita e Geraldo Teixeira, desde seu nascimento em Campo Grande, no dia 5 de junho de 1988. Quando ficou sabendo da gravidez de Selma Brites, seu pai, Cesar Augusto Uemura não assumiu a paternidade. Ele foi embora da cidade assim que o filho nasceu.


Na época, Selma Brites tinha em torno de 20 anos de idade. Como ela não tinha condições para cuidar do bebê, pediu auxilio aos pais, que adotaram a criança. O tempo passou, e 24 anos depois, Rafael resolveu ir atrás de Cesar e começou por meio da internet.


“Não preciso dele financeiramente, apenas quero colocar o seu nome no meu documento. Meu desejo em conhecê-lo é saber das minhas próprias origens e encontrar familiares que devo ter. Estou em busca do meu passado e quero desvendar a minha própria história”, contou Rafael.


Pesquisa


Além de sites de buscas, Rafael começou a procurar o seu pai por meio das redes sociais. No Facebook ele encontrou alguém com o mesmo nome do seu pai. Em seguida, começou a conversar com este “desconhecido” no bate-papo da rede.


“Nem sonhava que teria irmão mais velho. Meu pai engravidou minha mãe e foi embora. Eles foram descobertos por um acaso. Na verdade, estava procurando meu pai no Facebook. Mas como meu irmão tem o mesmo nome, o encontrei e descobri tudo”, contou Rafael.


Jornal Midiamax