Geral

Irã anuncia manobras antiaéreas para proteger instalações nucleares

O Irã executará nas próximas semanas um exercício de defesa antiaérea em grande escala, anunciou o comandante das forças antiaéreas da Guarda Revolucionária, general Farzad Esmaili. “Todos os sistemas de defesa antiaérea da Guarda e do Exército serão utilizados neste exercício”, previsto durante o mês iraniano de Mehr, entre 21 de setembro e 21 de […]

Arquivo Publicado em 02/09/2012, às 11h21

None

O Irã executará nas próximas semanas um exercício de defesa antiaérea em grande escala, anunciou o comandante das forças antiaéreas da Guarda Revolucionária, general Farzad Esmaili. “Todos os sistemas de defesa antiaérea da Guarda e do Exército serão utilizados neste exercício”, previsto durante o mês iraniano de Mehr, entre 21 de setembro e 21 de outubro, informou o general Esmaili à agência oficial Irna.

Segundo o comandante, o objetivo das manobras é comprovar “a capacidade de gestão de crise” das forças iranianas no caso de “cenários inesperados”. O general explicou que a prioridade da defesa antiaérea da Guarda Revolucionária é proteger as instalações nucleares. “Grande parte de nossos meios está mobilizada ao redor destas instalações”, disse.

O anúncio foi feito em meio às especulações sobre um possível ataque israelense às instalações nucleares iranianas. Israel, Estados Unidos e as potências europeias temem que o programa nuclear iraniano tenha como objetivo a produção da bomba atômica, o que Teerã nega, alegando que o plano é apenas civil.

A agência Mehr informou neste domingo, com base em outra fonte militar, que o Irã reforçou as capacidades de radares, baterias de mísseis e meios de guerra eletrônica ao longo da fronteira noroeste, limítrofe com Turquia, Armênia e Azerbaijão. “Os equipamentos foram instalados em mais de 300 pontos”, afirmou o general Rasul Rezvani-Kia, comandante da defesa antiaérea na região.

Jornal Midiamax