Geral

Investigador afirma que Whitney Houston foi assassinada

Um investigador de Hollywood afirma que Whitney Houston foi assassinada por traficantes de drogas e que um vídeo do hotel onde ela estava hospedada na data pode provar isso. As informações são do site Daily Mail. A cantora morreu em 11 de fevereiro deste ano, aos 48 anos, em Beverly Hills, nos Estados Unidos. Após […]

Arquivo Publicado em 27/12/2012, às 10h24

None
1073304104.jpg

Um investigador de Hollywood afirma que Whitney Houston foi assassinada por traficantes de drogas e que um vídeo do hotel onde ela estava hospedada na data pode provar isso. As informações são do site Daily Mail. A cantora morreu em 11 de fevereiro deste ano, aos 48 anos, em Beverly Hills, nos Estados Unidos. Após o corpo ser encontrado com sinais de afogamento na banheira, o médico legista responsável determinou que a causa foi um coquetel de cocaína, maconha e outras drogas legais.


Contrariando a tese, Paul Huebl disse que traficantes mandaram capangas atrás de Whitney para cobrar dívidas de drogas estimadas em US$ 1,5 milhão, mas que ele não sabe ao certo como tudo se desenrolou a partir dái, apenas acredita que as evidências apontam na direção do assassinato. O investigador contou ainda que o corpo da cantora tinha sinais claros de que ela teria lutado por sua vida.

Jornal Midiamax