Geral

Internautas criticam Record por entrevista de Guilherme de Pádua

Vinte anos após o assassinato da atriz Daniella Perez, filha da autora Glória Perez, a Rede Record levou ao ar, no último domingo, no programa Domingo Espetacular, uma entrevista com Guilherme de Pádua, um dos condenados pelo assassinato da jovem. O espaço concedido ao ator foi alvo de críticas por parte dos internautas, que levaram […]

Arquivo Publicado em 10/12/2012, às 17h30

None

Vinte anos após o assassinato da atriz Daniella Perez, filha da autora Glória Perez, a Rede Record levou ao ar, no último domingo, no programa Domingo Espetacular, uma entrevista com Guilherme de Pádua, um dos condenados pelo assassinato da jovem. O espaço concedido ao ator foi alvo de críticas por parte dos internautas, que levaram o assunto aos Trending Topics do Twitter.



Pelo microblog, os telespectadores criticaram a Record pela entrevista, sugerindo que sua veiculação seria uma forma de ataque à autora de Salve Jorge. “Guilherme de Pádua ainda nos TT’s – uma emissora cristã que faz Ibope em cima da dor de uma mãe, nem me assusto se o colocarem em A Fazenda”, escreveu ‏@tkgomes_.



“Eu já achava a Record indigna, mas a emissora se superou com o depoimento do ‘coitado’ Guilherme de Pádua. Poupe-me!”, criticou ‏@natyasmin escrevendo à Glória Perez. “Guilherme de Pádua, assassino, ganhando espaço em horário nobre da Record, para dar sua versão do crime…piada!”, reclamou @Marcelagonc.



A própria Glória Perez comentou pelo microblog a entrevista do ator ao Domingo Espetacular: “esse FDP por que estava sendo reduzido na novela, vingou-se: emboscou Daniela, desacordou com um soco, deu 18 estocadas e foi abraçar nossa família”, postou. A escritora também retuitou algumas mensagens de internautas que criticaram a emissora por exibir a entrevista.



Na matéria exibida, Guilherme assumiu a participação no crime, mas afirmou que os golpes de tesoura que ocasionaram a morte de Daniella foram dados por Paula Thomaz, sua mulher na época. Segundo o ator, Paula golpeou a atriz, já desacordada, com uma tesoura para criar um falso álibi. “Perguntei por que ela tinha feito, e ela disse: ‘Isso é para eles pensarem que foi algum fã maluco, porque fãs malucos fazem isso'”, contou. Ambos foram condenados a 18 anos de reclusão pelo assassinato. A pena já foi cumprida.


Jornal Midiamax