Geral

Idosa é morta após assalto no Rio de Janeiro

A Polícia Militar do Rio de Janeiro prendeu nesta segunda-feira (23) um suspeito de ter matado uma idosa de 68 anos na última quarta-feira (18) após assaltar a casa da vítima, no bairro de Bangu, na zona oeste da capital. Leia também: Dois idosos são mortos durante ações criminosas no Rio neste fim de semana […]

Arquivo Publicado em 23/07/2012, às 21h47

None
A Polícia Militar do Rio de Janeiro prendeu nesta segunda-feira (23) um suspeito de ter matado uma idosa de 68 anos na última quarta-feira (18) após assaltar a casa da vítima, no bairro de Bangu, na zona oeste da capital.
Leia também: Dois idosos são mortos durante ações criminosas no Rio neste fim de semana
Emídia Alexandrina estava sozinha em sua casa, na rua Sainá, quando dois ladrões entraram, mataram a idosa e fugiram levando vários pertences. Eles só deixaram os móveis.
Hoje, um dos suspeitos foi preso na avenida Santa Cruz, na zona oeste. Ele confessou o crime e ainda deu informações sobre o comparsa, que está sendo procurado. A PM não soube informar como os criminosos mataram a idosa, cujo corpo foi achado somente na sexta-feira (20).
No último fim de semana, dois idosos foram mortos no Rio e em Niterói durante ações criminosas. Na manhã de sábado (21), o proprietário de um depósito de bebida, de 77 anos, foi assassinado por ladrões que assaltaram seu estabelecimento comercial, no Largo da Batalha, em Niterói.
Na manhã de ontem (22), um idoso de 75 anos morreu vítima de uma bala perdida que atingiu sua artéria femoral. O caso ocorreu após um assalto a uma padaria, em Vicente de Carvalho, na zona norte. Na fuga, os bandidos foram surpreendidos por ocupantes de um carro, que fizeram disparos. Tiros atingiram o idoso, que estava na padaria, e morreu no hospital Getúlio Vargas, na Penha.
Jornal Midiamax