Geral

HU da UFGD recepciona novos residentes da área médica e multiprofissional

O Hospital Universitário da UFGD (Universidade Federal da Grande Dourados) recepcionou na manhã desta quinta-feira (01) os novos profissionais que ingressaram nas residências médica e multiprofissional, oferecidos pela instituição. No total, são 24 profissionais, sendo 14 na área médica e outros 10 para a residência multiprofissional. O Programa de Pós-Graduação lato sensu do HU...

Arquivo Publicado em 02/03/2012, às 18h53

None
1034335450.jpg

O Hospital Universitário da UFGD (Universidade Federal da Grande Dourados) recepcionou na manhã desta quinta-feira (01) os novos profissionais que ingressaram nas residências médica e multiprofissional, oferecidos pela instituição.


No total, são 24 profissionais, sendo 14 na área médica e outros 10 para a residência multiprofissional. O Programa de Pós-Graduação lato sensu do HU/UFGD tem dois anos de duração. Ao final deste período, os profissionais são intitulados especialistas na área em que escolheram.


 No caso da residência médica, os novos residentes optaram pelas áreas de ginecologia e obstetrícia (4 médicos), clínica médica (4), cirurgia geral (2) e pediatria (4).Já a residência multiprofissional é voltada a psicólogos, enfermeiros e nutricionistas, que optaram por duas áreas de especialização: saúde indígena ou atenção cardiovascular.


Em cada uma das duas áreas, o HU/UFGD recebeu cinco novos residentes. Para ingressar na residência, todos os profissionais foram selecionados através de processo seletivo, realizado em novembro do ano passado.


Durante o período de residência, todos os profissionais recebem bolsa oferecida pelo MEC (Ministério da Educação), no valor de R$ 2.384,82/mês. Vale lembrar que todas as atividades dos profissionais são acompanhadas do preceptor (profissional do HU) ou de um professor do curso.


Residência


No final de janeiro, o HU/UFGD formou a primeira turma de residentes. No total, foram 12 residentes a receber o certificado de conclusão de curso – sendo sete médicos e cinco da residência multiprofissional.


De acordo com o diretor de ensino do HU/UFGD, Emerson Henklain Ferruzzi, o programa de residência médica e multiprofissional contribui para a melhoria do serviço. “Em 2012 devemos chegar a 120 alunos, entre internos e residentes, o que eleva a qualidade do atendimento, além de incentivar a pesquisa dentro do hospital”, acrescenta.

Jornal Midiamax