Geral

Hospital Samaritano de São Paulo implanta projeto para desafogamento de leitos em MS

A Sociedade Hospital Samaritano de São Paulo assinou termo de cooperação com Secretaria Estadual de Saúde nesta quarta-feira (18) para criar uma rede de cuidados continuados que vai desafogar os leitos nas unidades hospitalares. O projeto é piloto para o Mato Grosso do Sul e será realizado no Hospital São Julião, em Campo Grande. A […]

Arquivo Publicado em 18/07/2012, às 18h25

None
109238318.jpg

A Sociedade Hospital Samaritano de São Paulo assinou termo de cooperação com Secretaria Estadual de Saúde nesta quarta-feira (18) para criar uma rede de cuidados continuados que vai desafogar os leitos nas unidades hospitalares. O projeto é piloto para o Mato Grosso do Sul e será realizado no Hospital São Julião, em Campo Grande. A intenção é de que ele seja estendido a outros municípios do Estado.

O termo assinado em evento na manhã desta quarta-feira (18) vai viabilizar a parte das adaptações físicas, capacitação de pessoal e conformação de sistemas de informação e implantação do sistema da rede hospitalar, com a ocupação das enfermarias, acompanhamento e avaliação dos processos e impacto na rede de atenção.

Segundo a Secretária Estadual de Saúde, Beatriz Dobashi, o Hospital Samaritano é o responsável pela capacitação da equipe e instalação do projeto e a Secretaria fará o custeio disso. “Assim vamos liberar os leitos da retaguarda e transferir esses pacientes que precisam de atendimento prolongado para uma unidade especializada que possui equipe multidisciplinar”, afirmou.

O presidente do Conselho Estadual de Saúde, Florêncio Garcia Escobar, disse que o conselho vai estar atento, “tanto no auxilio, quanto na fiscalização”. A iniciativa do projeto é da Confederação das Santas Casas de Misericórdia, Hospitais e Entidades Filantrópicas (CMB), com o apoio do Ministério da Saúde.

Jornal Midiamax