Geral

Hospital de Batayporã suspende atendimento por tempo indeterminado

A Sociedade Hospitalar São Lucas, responsável pelo hospital de Batayporã, anunciou nesta sexta-feira (26) a suspensão dos atendimentos por tempo indeterminado. O motivo seria a falta de recursos para manter a entidade em funcionamento. Recentemente, em nota publicada pela diretoria do hospital, os responsáveis já sinalizavam que os atendimentos poderiam ser suspensos a qualquer ...

Arquivo Publicado em 27/10/2012, às 15h58

None
1338450503.bmp

A Sociedade Hospitalar São Lucas, responsável pelo hospital de Batayporã, anunciou nesta sexta-feira (26) a suspensão dos atendimentos por tempo indeterminado. O motivo seria a falta de recursos para manter a entidade em funcionamento.


Recentemente, em nota publicada pela diretoria do hospital, os responsáveis já sinalizavam que os atendimentos poderiam ser suspensos a qualquer momento. O motivo alegado é a falta de pagamento dos plantões médicos, de responsabilidade da Prefeitura de Batayporã.


Inicialmente, o presidente do hospital afirmou que os atendimentos seriam suspensos nos finais de semana, a partir do dia 20 de outubro, porém como a prefeitura disponibilizou de forma provisória um médico para fazer o plantão, o serviço não foi interrompido naquele momento.


Ainda na nota, os membros da entidade anunciavam que até o final de outubro iriam verificar a possibilidade de o hospital continuar com os atendimentos. Após assembléia realizada nesta tarde, a diretoria constatou a inviabilidade de a unidade continuar com as portas abertas.


Segundo a direção do hospital, a Prefeitura Municipal teria elaborado proposta de quitar os valores referentes aos plantões médicos parcelado em seis vezes, porém a negociação não foi aceita pela entidade. Para que a população não fique totalmente desprovida de atendimento, duas ambulâncias devem permanecer no local, com a finalidade de transportar os pacientes que porventura cheguem à unidade, até o Hospital Regional (HR) de Nova Andradina.


O diretor do HR de Nova Andradina, Norberto Fabri, disse que recebeu, na tarde desta sexta-feira, comunicado da Secretaria de Saúde de Batayporã a respeito do fechamento do Hospital São Lucas. Ele afirmou que o HR não tem condições de receber o volume de pacientes que diariamente se dirige ao hospital de Batayporã, mas garantiu que os casos de urgência e emergência serão atendidos dentro das possibilidades.

Jornal Midiamax