Geral

Homem registra boletim por agressão de advogado e vice-prefeito de Glória de Dourados

Um morador do município de Glória de Dourados registrou Boletim de Ocorrência nesta segunda-feira, 28, acusando o vice-prefeito da cidade e candidato a reeleição pelo PMDB, Geraldo Denadai e o advogado da coligação, André Fernandes, de tentativa de homicídio e agressão. Conforme o depoimento do corretor de imóveis Marcos Luiz Lorenço Coca, de 46 anos, […]

Arquivo Publicado em 28/08/2012, às 16h49

None
1583677785.png

Um morador do município de Glória de Dourados registrou Boletim de Ocorrência nesta segunda-feira, 28, acusando o vice-prefeito da cidade e candidato a reeleição pelo PMDB, Geraldo Denadai e o advogado da coligação, André Fernandes, de tentativa de homicídio e agressão.

Conforme o depoimento do corretor de imóveis Marcos Luiz Lorenço Coca, de 46 anos, duas pessoas faziam uma pesquisa de intenção de votos para a prefeitura e, quando questionou sobre o número do CNPJ do instituto responsável pela pesquisa, os entrevistadores se afastaram. Neste momento, Marcos teria ligado para o Cartório Eleitoral.

Ao Midiamax, o corretor disse que os entrevistadores na verdade faziam um mapeamento de votos, uma vez que questionaram o nome, endereço e telefone dos entrevistados.

Momentos depois, o carro do advogado da Prefeitura tentou atropelar o corretor. Em seguida, o vice-prefeito teria se juntado ao advogado e passado a agredir o corretor com chutes e socos.

Após a chegada da PM, o candidato a vice-prefeito teria fugido do local, porém o advogado continuou tentando agredir Marcos na frente dos policiais.

Segundo Marcos, a agressão ocorreu no sábado, 25, e um Boletim de Ocorrência foi lavrado no mesmo dia, porém por não contar com um delegado de plantão, ele foi aconselhado a retornar nesta segunda-feira à delegacia.

A reportagem tentou contatar o vice-prefeito de Glória de Dourados, porém ninguém foi encontrado para esclarecer a acusação.

Jornal Midiamax