Geral

Homem é conduzido para a delegacia após ameaçar de morte donos de loja na capital

O proprietário de uma loja de roupas feminina, Jefferson Rogério Gonçalves da Silva, após ser ameaçado de morte com um facão, por um suposto cliente no bairro Jardim TV Morena, compareceu na 4°DP (Delegacia de Polícia), por volta das 12h desta segunda-feira (02), para registrar um boletim de ocorrência contra o autor. Segundo a vítima, […]

Arquivo Publicado em 02/01/2012, às 17h31

None

O proprietário de uma loja de roupas feminina, Jefferson Rogério Gonçalves da Silva, após ser ameaçado de morte com um facão, por um suposto cliente no bairro Jardim TV Morena, compareceu na 4°DP (Delegacia de Polícia), por volta das 12h desta segunda-feira (02), para registrar um boletim de ocorrência contra o autor.

Segundo a vítima, ele chegava à loja Santa Vaidade, localizada na Rua Santana, quando avistou Cícero Rafael de Andrade, 45 anos, tentando comprar uma peça no local. A esposa de Jefferson, que atendeu o autor, afirma que ele entrou pedindo por calças masculinas, mas foi informado que somente roupas femininas eram comercializadas na loja e permaneceu lá mesmo assim.

Após adentrar na loja, Jefferson afirma que o autor o encarou e disse: “não foi você que mexeu comigo há alguns dias atrás?”, momento em que ele respondeu que nem conhecia o homem. Após as ameaças, Jefferson conta que o autor abriu uma mochila preta e que por isso pediu para ele sair do local. O autor saiu, pegou um facão e começou a gritar e bater em um pedaço de madeira que sustentava uma placa de sinalização bradando: “Já matei dois e posso matar mais um!”, dizia.

Por conta da situação, a polícia militar foi acionada e encaminhou o autor para a 4° D.P. (Delegacia de Polícia). A vítima informou ainda que ele aparentava estar bêbado.

Jornal Midiamax