Geral

Hillary vai liderar delegação dos EUA na Rio+20

A secretária de Estado norte-americana, Hillary Clinton, vai liderar a delegação dos Estados Unidos na reunião de cúpula da Conferência das Nações Unidas sobre Desenvolvimento Sustentável, a Rio+20, de 20 a 22 de junho, informou o Departamento de Estado, sinalizando um comprometimento maior dos EUA com a conferência. O anúncio, feito na noite de terça-feira, […]

Arquivo Publicado em 13/06/2012, às 11h04

None

A secretária de Estado norte-americana, Hillary Clinton, vai liderar a delegação dos Estados Unidos na reunião de cúpula da Conferência das Nações Unidas sobre Desenvolvimento Sustentável, a Rio+20, de 20 a 22 de junho, informou o Departamento de Estado, sinalizando um comprometimento maior dos EUA com a conferência.


O anúncio, feito na noite de terça-feira, acontece após o secretário-geral da ONU, Ban Ki-moon, ter feito um pedido em abril ao presidente norte-americano, Barack Obama, para que comparecesse à conferência e tivesse um papel mais ativo nos esforços globais para combater as mudanças climáticas.


ONGs ambientais esperavam que Obama participasse da Rio+20 para dar mais peso à conferência.


A chefe da Agência de Proteção Ambiental dos EUA, Lisa Jackson, será uma segunda líder da delegação norte-americana, que terá como negociador-chefe o representante especial sobre mudanças climáticas, Todd Stern.


Mais de 130 chefes de Estado e governo confirmaram presença na Rio+20, a qual, segundo Ban, será uma das maiores conferências da história da ONU.


Ban e outros líderes acreditam que o resultado do encontro servirá como bloco de partida para um futuro acordo global para combater as mudanças climáticas.


A Rio+20 buscará determinar metas, que não serão obrigatórias, de desenvolvimento sustentável em áreas como segurança alimentar, água e energia.


Entretanto, as expectativas para a conferência são baixas, após vários governos terem minimizado os potenciais resultados do encontro e estarem claremente focados, em vez disso, em resolverem os problemas econômicos mundiais.


A Rio+20 será aberta oficialmente nesta quarta-feira.

Jornal Midiamax