Geral

Helder Kohagura apresenta show ‘Motoqueira Bandida’ no Cena Som

A Fundação de Cultura de Mato Grosso do Sul (FCMS) apresenta nesta quinta-feira (6), às 20 horas, no Teatro Aracy Balabanian do Centro Cultural José Octávio Guizzo, o show “Motoqueira Bandida”, do cantor Helder Kohagura. A atração faz parte do projeto Cena Som, tem classificação livre e duração aproximada de 90 minutos. O ingresso será […]

Arquivo Publicado em 03/09/2012, às 14h42

None
914918594.jpg

A Fundação de Cultura de Mato Grosso do Sul (FCMS) apresenta nesta quinta-feira (6), às 20 horas, no Teatro Aracy Balabanian do Centro Cultural José Octávio Guizzo, o show “Motoqueira Bandida”, do cantor Helder Kohagura. A atração faz parte do projeto Cena Som, tem classificação livre e duração aproximada de 90 minutos. O ingresso será 1 quilo de alimento não perecível que será revertido para a instituição “Os Vicentinos”.


A apresentação tem como objetivo a divulgação das composições próprias do cantor Helder Kohagura. A mãe paranaense e o pai mato-grossense influenciaram o campo-grandense Helder na cultura regional e na música sertaneja. Artistas regionais como Délio e Delinha, Tostão e Guarani, bem como os nacionais Chitãozinho e Xororó, Milionário e José Rico, João Mineiro e Marciano, Tião Carreiro e Pardinho influenciam o seu atual trabalho.


Helder participou de vários festivais de música japonesa pelo Brasil. Também se tornou cantor lírico, não se esquecendo de suas raízes. Helder é compositor de sucessos, como as músicas “Motoqueira Bandida”, “Meu Bem”, “Seu Olhar” e também “A Morena”.


Na estrada desde o início de 2011, Helder montou sua banda com músicos profissionais que compartilham o mesmo ideal e acreditam em sua música para alcançar o espaço em seu Estado, bem como em nível nacional. Em abril desse ano, Helder Kohagura teve seu trabalho reconhecido pela população de sua cidade natal, quando recebeu a Homenagem da Câmara Municipal de Campo Grande pelo Dia do Artista Regional.


Helder Kohagura já esteve presente em várias casas de shows da Capital, tendo ainda se apresentado em outros municípios de Mato Grosso do Sul como Sidrolândia, São Gabriel do Oeste, Anhanduí, Miranda e Nova Alvorada do Sul.


Serviço: Mais informações podem ser obtidas pelo telefone 3317-1795 ou no Centro Cultural José Octávio Guizzo, que fica localizado na rua 26 de Agosto, 453, entre a Calógeras e a 14 de Julho.

Jornal Midiamax