Geral

Haddad projeta Bilhete Único Mensal para 2013 e anuncia novo secretário

Uma das principais promessas de campanha do petista Fernando Haddad, que assumirá a prefeitura de São Paulo a partir de 2013, o Bilhete Único Mensal será implantado já no primeiro ano de governo. Em entrevista à TV Cultura, o ex-ministro da Educação incluiu a medida entre as primeiras que deve tomar ao assumir seu mandato: […]

Arquivo Publicado em 11/12/2012, às 11h18

None

Uma das principais promessas de campanha do petista Fernando Haddad, que assumirá a prefeitura de São Paulo a partir de 2013, o Bilhete Único Mensal será implantado já no primeiro ano de governo. Em entrevista à TV Cultura, o ex-ministro da Educação incluiu a medida entre as primeiras que deve tomar ao assumir seu mandato: “no primeiro ano de governo, ainda não sei em que mês, pois vou ter um diagnóstico disso, pretendo implementar o Bilhete Único Mensal para favorecer o usuário do transporte coletivo”, afirmou.


Questionado sobre alterações no preço da tarifa do ônibus, atualmente em R$ 3, o futuro prefeito se comprometeu a não aumentá-lo acima da inflação: “tem um contrato de concessão, a tarifa está congelada há dois anos. A prefeitura já está gastando mais de R$ 1 bilhão em subsídios. Meu compromisso de campanha é que não pretendo aumentar a tarifa acima da inflação em nenhuma hipótese, mas não congelar o preço”, disse.


Ainda durante o programa Roda Viva, Haddad anunciou o empresário e engenheiro José Floriano de Azevedo Marques Neto como seu secretário de Habitação. Floriano, que não é filiado a nenhum partido, foi indicado pelo ministro das Cidades, Aguinaldo Ribeiro, do PP (Partido Progressista) do deputado federal Paulo Maluf (SP).


Ao fim de 2013, o petista pretende fazer um balanço do seu primeiro ano de governo e declarou considerar a ideia de substituir os secretários que não alcançarem suas metas.

Jornal Midiamax