Geral

Guarda Municipal flagra adolescentes trabalhando no Lixão de Campo Grande

Casal afirma que trabalho no aterro é lucrativo e que ganham de R$ 250 a R$ 300 por semana

Arquivo Publicado em 06/03/2012, às 14h00

None
1238784681.jpg

Casal afirma que trabalho no aterro é lucrativo e que ganham de R$ 250 a R$ 300 por semana

Caracterizados de catadores, dois homens da Guarda Municipal flagraram, na manhã desta terça-feira (6), um casal de adolescente, cada um com 15 anos, trabalhando no Lixão de Campo Grande. Os dois foram encaminhados para o Conselho Tutelar Sul da Capital.


Segundo o garoto, ele mora junto com a namorada na casa da mãe. O casal confessa que o trabalho no aterro é lucrativo e que os cada um consegue, por semana, de R$ 250 a R$ 300 catando materiais recicláveis no aterro sanitário.


De acordo com a Guarda Municipal, mesmo tendo homens na portaria do lixão, o pessoal entra pelos fundos, onde há buracos nas cercas. Por conta disso, foi elaborada a estratégia de os guardas se caracterizarem de catadores para não serem identificados e, assim, conseguirem fazer os flagrantes.


Os pais dos adolescentes compareceram ao Conselho Tutelar, serão advertidos e terão que prestar esclarecimento ao juiz da Vara da Infância e Juventude.

Jornal Midiamax