Geral

Grêmio recebe Atlético-GO de olho na liderança do Brasileiro

Um duelo de duas equipes em condições totalmente opostas na tabela do Campeonato Brasileiro ocorrerá nesta quarta-feira, no Estádio Olímpico, a partir das 20h30 (de Brasília). Em grande fase e com chances de terminar a rodada na liderança, o Grêmio recebe o Atlético-GO, que está afundado na zona de rebaixamento, seis pontos atrás do Coritiba, […]

Arquivo Publicado em 05/09/2012, às 14h40

None

Um duelo de duas equipes em condições totalmente opostas na tabela do Campeonato Brasileiro ocorrerá nesta quarta-feira, no Estádio Olímpico, a partir das 20h30 (de Brasília). Em grande fase e com chances de terminar a rodada na liderança, o Grêmio recebe o Atlético-GO, que está afundado na zona de rebaixamento, seis pontos atrás do Coritiba, o primeiro que não cairia para a Série B de 2013.


A ordem no Olímpico é não dar chance para o azar. A última derrota da equipe na competição ocorreu em um jogo considerado fácil pela maioria: a Portuguesa, em casa (2 a 1). Antes disso, o Tricolor teve dificuldades para bater equipes como Sport e Bahia, também em Porto Alegre. Precavido das dificuldades e mobilizado para conquistar os três pontos, o Grêmio faz promoção de ingressos para ter o estádio lotado e encostar (ou até ultrapassar) nos líderes Atlético-MG e Fluminense.


A equipe gaúcha conquistou três vitórias e um empate nos últimos quatro jogos, e não sofreu gols em nenhuma destas partidas. Para o confronto desta quarta-feira, o técnico Vanderlei Luxemburgo tem duas baixas e dois retornos importantes. As boas notícias são Gilberto Silva e Elano, que treinaram com bola normalmente nesta segunda-feira e voltam ao time, após desfalcarem o Grêmio nas partidas contra Vasco e Palmeiras.


Os problemas estão no ataque. Kléber, suspenso após a expulsão contra o Palmeiras, e Marcelo Moreno, convocado pela seleção da Bolívia, não poderão atuar contra o Dragão. O ataque deve ser composto por Leandro e André Lima, dois jogadores que vêm se notabilizando por entrarem bem no segundo tempo das partidas da equipe no Brasileirão.


Já o Atlético-GO vem em profunda crise. A equipe venceu apenas um dos últimos oito jogos. Com 16 pontos (25 atrás do Grêmio), ocupa a penúltima colocação e está seis pontos atrás da saída da zona de rebaixamento. Após a derrota por 3 a 1 para a Ponte Preta, o técnico Jairo Araújo afirmou que a equipe não pode desistir de lutar contra a degola. A direção do clube já não tem o mesmo ânimo.


“O Atlético-GO é um time que não pode errar mais, está com um perfil de rebaixado. Isso para nós é muito ruim, ninguém gosta, mas você percebe quando o time leva o gol, abaixa a cabeça, começa a se entregar”, lamentou o diretor de futebol Adson Batista. “Se o grupo não tiver mais vontade ou mais disposição, vai pagar um preço altíssimo”, avisou.


Ao menos, Jairo terá a volta de quatro jogadores para a partida em Porto Alegre. O volante Dodó e o zagueiro Gustavo, que estavam suspensos e não atuaram contra a Ponte, retornam à equipe. O atacante Ricardo Bueno e o zagueiro Reniê se recuperaram de lesão e também devem ir para o jogo. Marcos e Pituca, suspensos, não atuam na capital gaúcha.


FICHA TÉCNICA


GRÊMIO X ATLÉTICO-GO


Local: Estádio Olímpico, em Porto Alegre (RS)


Data: 5 de setembro de 2012, quarta-feira


Horário: 20h30 (de Brasília)


Árbitro: Ronan Marques da Rosa (SC)


Assistentes: Roberto Braatz (Fifa-PR) e Kléber Lúcio Gil (SC)


GRÊMIO: Marcelo Grohe; Pará, Werley, Gilberto Silva e Anderson Pico; Fernando, Souza, Elano e Zé Roberto; Leandro e André Lima.


Técnico: Vanderlei Luxemburgo


ATLÉTICO-GO: Márcio; Rafael Cruz, Gustavo, Reniê e Eron; Dodó, Marino, Ernanes e Danilinho; Wesley e Ricardo Bueno.


Técnico: Jairo Araújo

Jornal Midiamax