Geral

Governo vai defender venda de bebidas alcóolicas em estádios durante a Copa do Mundo

O líder do governo na Câmara, deputado Cândido Vaccarezza (PT-SP), defendeu nesta quinta-feira(8) a venda de bebidas alcoólicas nos estádios durante a Copa do Mundo de 2014. O líder ponderou que a liberação, prevista na Lei Geral da Copa, será restrita aos jogos do Mundial e também está entre os compromissos firmados pelo governo brasileiro […]

Arquivo Publicado em 08/03/2012, às 18h51

None

O líder do governo na Câmara, deputado Cândido Vaccarezza (PT-SP), defendeu nesta quinta-feira(8) a venda de bebidas alcoólicas nos estádios durante a Copa do Mundo de 2014. O líder ponderou que a liberação, prevista na Lei Geral da Copa, será restrita aos jogos do Mundial e também está entre os compromissos firmados pelo governo brasileiro com a Federação Internacional de Futebol (Fifa).


“A Copa é um evento único e teve uma série de acordos internacionais para trazer a Copa para o Brasil. Então, todas as questões desse diálogo serão respeitadas. A fórmula de venda de bebidas não se reproduzirá nos jogos dos demais campeonatos e jogos da Seleção”, argumentou.


Vaccarezza disse que a orientação para a base do governo na Casa será pela aprovação do relatório do deputado Vicente Cândido (PT-SP), aprovado esta semana pela comissão especial criada para discutir a matéria.


Segundo ele, serão feitas algumas mudanças, como a que prevê a meia-entrada para idosos quando o ingresso for adquirido por meio de pacotes turísticos. “Vai ser obrigatória a venda de ingressos com meia-entrada mesmo na compra de um pacote turístico. A lei vai ter que respeitar integralmente o Estatuto do Idoso”, disse.

Jornal Midiamax