Geral

Governo do RJ envia aeronaves para Campos após rompimento de dique

O governo do Rio enviou na manhã desta quinta-feira duas aeronaves tripuladas por bombeiros para o bairro Três Vendas, em Campos dos Goytacazes (no norte fluminense), onde um dique (barragem para conter a água de rios) se rompeu mais cedo. Cerca de 4.000 pessoas devem ser retiradas de suas casas na localidade até o início […]

Arquivo Publicado em 05/01/2012, às 15h56

None

O governo do Rio enviou na manhã desta quinta-feira duas aeronaves tripuladas por bombeiros para o bairro Três Vendas, em Campos dos Goytacazes (no norte fluminense), onde um dique (barragem para conter a água de rios) se rompeu mais cedo.

Cerca de 4.000 pessoas devem ser retiradas de suas casas na localidade até o início da tarde. “Por determinação do governador Sérgio Cabral (PMDB), os bombeiros vão verificar as necessidades do local para que providências possam ser tomadas pela Defesa Civil do Estado”, informou em nota o governo –sem dar detalhes do modelo das aeronaves e de quantos bombeiros foram enviados ao local.

Segundo o coordenador da Defesa Civil de Campos dos Goytacazes, major Edson Braga, 1.200 famílias tem apenas duas horas para deixar a região.
“Nós estamos trabalhando preventivamente para remover as pessoas em tempo hábil para evitar maiores prejuízos.

Ainda não tem nenhuma residência inundada, mas isso vai ocorrer nas próximas horas. A gente calcula que toda a comunidade de Três Vendas fique submersa a uns 2 metros de altura”, disse o major à Folha.
O dique fica na rodovia BR-356 (rodovia federal que liga Campos a Itaperuna). Segundo Braga, a erosão foi constatada por volta das 6h, por um agente da Defesa Civil que mora na localidade. “Não temos tempo de executar nenhuma ação agora. A estrada rompeu mesmo”, disse.
O major explicou que o bairro de Três Vendas é protegido pelo dique na estrada. “Rompeu justamente no ponto onde foi feito um trabalho pelo Dnit (Departamento Nacional de Infraestrutura de Transporte) em 2009”, afirmou. “Vai encher toda a comunidade como ocorreu na enchente de 2008.”
Apesar de ainda não haver inundações no bairro Três Vendas, há informações de problemas causados pelas chuvas em outros pontos da cidade devido à cheia do rio Paraíba do Sul, por onde deságuam os rios Muriaé e Pomba –cujas nascentes são em Minas Gerais.
De acordo com a Defesa Civil Municipal, ao menos 590 pessoas estão desabrigadas na cidade. Ontem (4), o nível do rio Paraíba do Sul passou de 7 metros para 11 metros em Campos

Jornal Midiamax