Geral

Governistas fazem reunião fechada de seis horas e falam em repaginar campanha

Os líderes da campanha do PMDB, prefeito Nelsinho Trad, e o governador André Puccinelli, bem como o candidato Edson Giroto (PMDB), fizeram uma reunião de aproximadamente seis horas na noite de ontem (8) para fazer balanço do desempenho na eleição em Campo Grande. Ao final da reunião, dividida em duas partes, a primeira com presidentes […]

Arquivo Publicado em 09/10/2012, às 16h01

None

Os líderes da campanha do PMDB, prefeito Nelsinho Trad, e o governador André Puccinelli, bem como o candidato Edson Giroto (PMDB), fizeram uma reunião de aproximadamente seis horas na noite de ontem (8) para fazer balanço do desempenho na eleição em Campo Grande. Ao final da reunião, dividida em duas partes, a primeira com presidentes de partido e a segunda com novos e atuais vereadores, os governistas decidiram por repaginar a campanha.

O vereador Paulo Siufi (PMDB) contou que o clima era de preocupação, mas também de otimismo. A preocupação, segundo ele, é maior por conta do desempenho de Reinaldo Azambuja (PSDB), mostrando que a população está querendo mudança. Segundo Siufi, a reunião foi para resolver problemas intramuros e depois seguir com a campanha. Ele lembrou que o próprio governador admitiu que o modelo atual está desgastado.

O vereador Paulo Pedra (PDT) disse que o clima estava muito bom. Porém, admitiu que muita coisa foi discutida. Entre os problemas elencados está o fato de o candidato aparecer muito engessado no vídeo. Pedra revelou que outras pessoas também reclamaram da coordenação que estava apenas na mão de Carlos Marun (PMDB). Eles pediram para que seja pluripartidária. Ele também acredita que faltou uma participação maior do prefeito Nelsinho e do vice, Dagoberto Nogueira (PDT).

Herculano Borges (PSC) participou das duas reuniões e disse que a tônica era a busca por novas estratégias para tentar reverter o quadro. Já o líder do prefeito na Câmara, Flávio César (PTdoB), afirmou que o tom da reunião era de agradecimento e de otimismo, com pedidos de empenho e dedicação. Os vereadores Ribeiro (PMDB) e Dr. Loester (PDMB), que não se reelegeram, não participaram da reunião. Loester justificou a ausência alegando que estava de plantão médico.

Jornal Midiamax