Geral

Governador promete cumprir obrigação e tratar com igualdade prefeitos rivais

O governador André Puccinelli (PMDB) declarou na manhã deste domingo (28), após votar em Campo Grande, que tratará com respeito o próximo prefeito, independente de quem vencer a disputa entre Alcides Bernal (PP) e Edson Giroto (PMDB). Puccinelli garantiu que o Estado cumprirá com as obrigações e citou como exemplo casos de Caarapó, Corumbá, Mundo […]

Arquivo Publicado em 28/10/2012, às 15h20

None
1440874625.jpg

O governador André Puccinelli (PMDB) declarou na manhã deste domingo (28), após votar em Campo Grande, que tratará com respeito o próximo prefeito, independente de quem vencer a disputa entre Alcides Bernal (PP) e Edson Giroto (PMDB).

Puccinelli garantiu que o Estado cumprirá com as obrigações e citou como exemplo casos de Caarapó, Corumbá, Mundo Novo e Itaquirai, onde os prefeitos eleitos não eram apoiados por ele e foram recebidos sem nenhum problema na Governadoria. “Quem é magistrado não pode ter sentimento de mesquinharia. O mundo continua, a vida continua e o respeito sempre tem que existir”.

O governador garante que com vitória ou derrota manterá a mesma postura. “Com democracia e respeito. O Camarada vai perder e se esconder debaixo da mesa?”, questionou.

Ao ser indagado sobre a possibilidade de derrota após vários anos de hegemonia em Campo Grande, Puccinelli afirmou que faz parte da democracia. “Já ouviu falar em alternância de poder. Se ocorrer, vai ocorrer a alternância. É próprio da espécie humana e próprio da vida. É normal no processo democrático”.

Puccinelli declarou que ainda é cedo para falar na eleição para o Governo do Estado, mas acredita que a administração do próximo prefeito deve influenciar na escolha do próximo governador. Indagado sobre o seu futuro político, voltou a dizer que prefere cuidar dos netos.

Jornal Midiamax