Geral

Frentista morre em Campo Grande após engolir cocaína

O frentista Lucas Emanuel Rocha da Silva de 34 anos, morreu depois de engolir três papelotes de cocaína, durante uma abordagem policial na rua Quinze de Novembro no Centro de Campo Grande, por volta de 1h40 desta quarta-feira (1). Consta no boletim de ocorrência, que a Polícia Militar fez a abordagem, já que o autor […]

Arquivo Publicado em 01/08/2012, às 12h32

None

O frentista Lucas Emanuel Rocha da Silva de 34 anos, morreu depois de engolir três papelotes de cocaína, durante uma abordagem policial na rua Quinze de Novembro no Centro de Campo Grande, por volta de 1h40 desta quarta-feira (1).

Consta no boletim de ocorrência, que a Polícia Militar fez a abordagem, já que o autor estava em atitude suspeita. O frentista estava em uma moto CG Fan 125, entregando algo para uma mulher de 35 anos.

Neste momento, Lucas colocou a droga na boca, e segundo a PM, mesmo com muita insistência ele não a retirava. Os policiais ainda conseguiram tirar três trouxinhas de cocaína da boca de Silva.

Outras 12 “paradinhas” e R$ 590 também foram encontradas com o frentista. Ele foi conduzido junto com a moto ao Depac (Delegacia de Pronto Atendimento Comunitário) Centro, com a moto e a droga que depois foi levada à Delegacia Especializada em Repressão ao Narcotráfico (Denar).

Na delegacia, Lucas começou a passar mal, ter alucinações, falar coisas sem sentido e ter convulsões e se debater ao solo. Ele foi levado a Santa Casa, mas não resistiu e morreu após ter sangramento pela boca.

Jornal Midiamax