Geral

Força Sindical diz que queda nos juros é insuficiente

A queda de 0,75 ponto percentual da taxa básica de juros (Selic) é, na avaliação da Força Sindical, insuficiente para aquecer o consumo e impulsionar a economia. “Um pouco mais de ousadia traria enormes benefícios para o setor produtivo, que gera emprego e renda e anseia há tempos por um crescimento expressivo da economia. É […]

Arquivo Publicado em 08/03/2012, às 02h04

None

A queda de 0,75 ponto percentual da taxa básica de juros (Selic) é, na avaliação da Força Sindical, insuficiente para aquecer o consumo e impulsionar a economia. “Um pouco mais de ousadia traria enormes benefícios para o setor produtivo, que gera emprego e renda e anseia há tempos por um crescimento expressivo da economia. É um absurdo esta mesmice conformista dos tecnocratas do Banco Central”, reclamou o presidente de central sindical, Paulo Pereira da Silva.


O sindicalista que também é deputado pelo PDT-SP, disse que a manutenção dos juros em patamares elevados prejudica a indústria nacional e propicia o fechamento de postos de trabalho. “Estamos sofrendo com a desindustrialização e com o crescimento desenfreado das importações, que estão minando nossa produção, fechando empresas e causando desemprego”.

Jornal Midiamax