Geral

Fogo consome ao menos 150 hectares de pastagem em fazendas de Campo Grande

Funcionários das propriedades rurais auxiliaram no combate aos focos. O rastro de destruição se perde no horizonte.

Arquivo Publicado em 01/09/2012, às 20h00

None
2128957285.jpg

Funcionários das propriedades rurais auxiliaram no combate aos focos. O rastro de destruição se perde no horizonte.

Pastagens de três fazendas localizadas as margens da rodovia Três Barras em Campo Grande foram consumidas por fogo, nesse sábado, em Campo Grande. Militares do Corpo de Bombeiros com auxílio de funcionários das propriedades rurais tiveram bastante dificuldade para controlar os focos.

Lucindo Nogueira e José da Rocha são funcionários da fazenda São José das Três Barras. Eles afirmam que desde as 6h da manhã estão trabalhando pra evitar que o fogo se alastrasse. Para isto fizeram uso de um trator equipado com grade para fazer aceiro (margem de terra revolvida para isolar área com fogo da com vegetação).

“A gente percebeu que o fogo começou na fazenda do vizinho. Logo começamos a fazer aceiro, mas mais de 100 hectares ficaram queimadas”, diz Lucindo, explicando ainda que o proprietário está viajando.

Somando o espaço queimado na São João das Três Barras e mais duas propriedades, os funcionários calculam que a área queimada passe de 150 hectares. Militares do Corpo de Bombeiros fizeram uso de abafadores para controlar as chamas.

Fatores

O tempo seco com vegetação seca é um ambiente perfeito para propagação de focos de incêndio que podem se alastrar como no caso desse sábado, por conta dos ventos. Sem previsão de chuva para este domingo e com baixa umidade do ar, a orientação é para tomar cuidado ao máximo com fatores que podem provocar incêndios nas áreas rurais como, por exemplo, não jogar bitucas de cigarro no chão, não tentar fazer queima controlada, mesmo que em pequenos pedaços de terra.

Jornal Midiamax