Geral

FMI descarta possibilidade de quebra da Grécia

A diretora-gerente do Fundo Monetário Internacional (FMI), Christine Lagarde, descartou nesta terça-feira a possibilidade de que a Grécia quebre, enquanto continuam as negociações entre Atenas e seus credores privados para eliminar uma parte de sua dívida pública. “Não é uma coisa que se possa conceber”, declarou Christine Lagarde ao ser questionada sobre a eventualidade de […]

Arquivo Publicado em 24/01/2012, às 21h57

None

A diretora-gerente do Fundo Monetário Internacional (FMI), Christine Lagarde, descartou nesta terça-feira a possibilidade de que a Grécia quebre, enquanto continuam as negociações entre Atenas e seus credores privados para eliminar uma parte de sua dívida pública.


“Não é uma coisa que se possa conceber”, declarou Christine Lagarde ao ser questionada sobre a eventualidade de uma quebra da Grécia no jornal da emissora de TV francesa France 2.


“É necessário atingir um acordo” com os bancos, afirmou, referindo-se às negociações entre Atenas e o lobby bancário que representa os credores privados do país.


Lembrando que “se decidiu que os credores privados iam assumir também suas perdas”, a diretora do FMI desejou que “as coisas avancem seriamente” para fixar o montante que os bancos perderão em suas carteiras de dívida grega.


“O objetivo é que a Grécia volte à sustentabilidade (de sua dívida pública), ao menos no médio prazo”, disse.


“Não tenho dúvidas sobre a vontade política” dos líderes europeus de manter a unidade da Zona Euro, completou a ex-ministra francesa da Economia, chamando a uma ação “coordenada” e “eficaz”.

Jornal Midiamax