Geral

Felipão repete Mano e terá de adiantar convocações a Marin

Assim como acontecia com Mano Menezes, Luiz Felipe Scolari terá de adiantar suas convocações na Seleção Brasileira a José Maria Marin, presidente da Confederação Brasileira de Futebol (CBF). Segundo publica nesta sexta-feira o jornal Folha de S.Paulo, o dirigente confirmou que receberá a lista dos jogadores chamados pelo treinador com 48 horas de antecedência. “O […]

Arquivo Publicado em 21/12/2012, às 11h16

None
19983451.jpg

Assim como acontecia com Mano Menezes, Luiz Felipe Scolari terá de adiantar suas convocações na Seleção Brasileira a José Maria Marin, presidente da Confederação Brasileira de Futebol (CBF). Segundo publica nesta sexta-feira o jornal Folha de S.Paulo, o dirigente confirmou que receberá a lista dos jogadores chamados pelo treinador com 48 horas de antecedência. “O Felipe me disse que não tem problema. Faço isso para não ser pego de surpresa pelos jornais”, disse o mandatário.


Campeão da Copa do Mundo de 2002, Scolari foi confirmado como novo técnico da Seleção em 28 de novembro. Ele substitui o demitido Mano Menezes, que tratava a mesma exigência de Marin como um assunto normal. “É um direito que ele tem. Ou vocês acham que os outros presidentes da CBF ficavam sabendo da relação por vocês (jornalistas)? No Banco Central, por exemplo, o (ex-presidente do banco) Henrique Meirelles baixava os juros sem comunicar antes o (ex-presidente da República) Lula?”, havia dito em maio o então treinador da Seleção. Apesar de ver a lista com antecedência, Marin já ressaltou que jamais interferia nos jogadores convocados.

Jornal Midiamax