Geral

FCMS lança o Filme “Corixo – A Mulher de Branco” em Campo Grande

A Fundação de Cultura (FCMS), lançará o filme “Corixo – A Mulher de Branco” às 19h do dia 29 deste mês, no Museu da Imagem e do Som (MIS de MS). Corixo – A Mulher de Branco tem como cenário uma fazenda sul-mato-grossense e mostra o inusitado encontro de um grupo de adolescentes com a temida mulher-de-branco. […]

Arquivo Publicado em 17/06/2012, às 22h01

None

A Fundação de Cultura (FCMS), lançará o filme “Corixo – A Mulher de Branco” às 19h do dia 29 deste mês, no Museu da Imagem e do Som (MIS de MS).

Corixo – A Mulher de Branco tem como cenário uma fazenda sul-mato-grossense e mostra o inusitado encontro de um grupo de adolescentes com a temida mulher-de-branco. A história se desenrola entre boatos, contadores de causo, misticismo e lida no campo, tendo como pano-de-fundo o imaginário da cultura pantaneira.

Segundo o diretor do filme, Marcelo Moreira, a história do curta-metragem surgiu depois de uma extensa pesquisa para a realização de três documentários para a TV UCDB sobre o povo pantaneiro, durante os anos de 2000 e 2001. Imerso nessa mistura, entre histórias verídicas e pura ficção, que a ideia de “Corixo – A Mulher de Branco” começou a ser delineada. “Sobretudo, o intuito do curta-metragem é narrar uma história que represente um povo e uma juventude, pouco conhecida no cenário nacional”, explica o diretor.

Gravado no início de Janeiro de 2012 na fazenda Santa Helena, próximo ao município de Rochedo, o curta-metragem foi composto por um elenco jovem descoberto por Melissa Tamaciro, contando ainda com a participação especial do fotógrafo Alexis Prappas como “Padre Afonso”. Toda a Direção de Arte foi desenvolvida por Roberta Santos e teve como base uma pesquisa iconográfica a respeito das fazendas pantaneiras. Assim, as cores, figurinos e locações foram cuidadosamente escolhidas e arranjadas para representá-las. A Direção de Fotografia, realizada por Teo Almeida, tem como referência uma câmera que acompanha os protagonistas no seu dia-a-dia, tentando apagar todo vestígio de que aquilo que esteja sendo representado seja ficção, almejando ser o mais natural e verídico possível, flertando com o gênero documental e colocando à superfície da imagem a força que o ambiente e a história trazem de mais singular e característico da região sul-mato-grossense. O curta-metragem ainda conta com a ilustre presença de Orlando Zório, que compôs uma trilha sonora original que enaltece e dá contornos a uma paisagem sonora que flerta com o caldo cultural banhado pelo Rio Paraguai.

O filme “Corixo – A Mulher de Branco” foi inteiramente produzido com recursos do Edital de Apoio à Produção de Obras Audiovisuais Inéditas da FCMS, que está em sua segunda edição e com inscrições abertas até 20/08/12. O concurso será lançado no dia 19/06/12 às 19h00 no MIS, é destinado a produtores audiovisuais  indepdentes e, assim como no ano passado, contemplará cinco escolhidos, dentre pessoas físicas ou jurídicas, com R$ 25 mil cada, para produzirem obras audiovisuais de curta metragem, nas categorias ficção ou documentário. O objetivo do edital é selecionar produtores audiovisuais atuantes no Estado de Mato Grosso do Sul, prestigiando a produção independente sul-mato-grossense de forma a fomentar o desenvolvimento da produção audiovisual local. O edital tem por objeto o apoio à produção de cinco obras audiovisuais, inéditas, de curta metragem de ficção ou documentário, com uso ou não, total ou parcial, de técnicas de animação, sendo permitida a incursão experimental, com caráter de inovação de linguagem, com duração entre 10 e 15 minutos, que tenha como matriz de captação formatos digitais de alta definição (HD).


O edital está disponível no site da FCMS (www.fundacaodecultura.ms.gov.br). Mais informações podem ser obtidas pelo e-mail [email protected].

Jornal Midiamax