Geral

Fazendeiro paulista é autuado por exploração de madeira protegida

Durante fiscalização em propriedades rurais no município de Cassilândia (MS), policiais militares ambientais autuaram na tarde de sábado (16), o proprietário da Fazenda J. Três por exploração ilegal de madeira de lei. Os policiais encontraram 150 lascas de madeira da espécie “aroeira”, que havia sido cortada na fazenda sem autorização. Parte da madeira já estava […]

Arquivo Publicado em 17/06/2012, às 21h38

None

Durante fiscalização em propriedades rurais no município de Cassilândia (MS), policiais militares ambientais autuaram na tarde de sábado (16), o proprietário da Fazenda J. Três por exploração ilegal de madeira de lei. Os policiais encontraram 150 lascas de madeira da espécie “aroeira”, que havia sido cortada na fazenda sem autorização. Parte da madeira já estava instalada em cercas da propriedade. Ao todo, foram apreendidos três metros cúbicos de madeira.


O fazendeiro, residente em Araçatuba (SP) foi multado em R$ 900,00, por possuir e utilizar produto de origem florestal da espécie “aroeira” sem autorização ambiental. Ele também responderá por crime ambiental e poderá pegar pena de 1 a 2 anos de reclusão. 


O corte de aroeira, bem como outras espécies é regulado pela portaria 83 N de 1991 do IBAMA. Para tal há a necessidade da realização de um plano de manejo e a aprovação pelos órgãos ambientais. Inclusive, em desmatamentos autorizados, essas espécies não podem ser cortadas.


Com informações da assessoria,

Jornal Midiamax