Geral

Família de homem desaparecido no interior acredita que ele esteja em Campo Grande

Familiares de Edson Braghin, 39 anos, registraram um boletim de ocorrência no dia 8 de junho desse ano, na cidade de Três Lagoas comunicando seu desaparecimento

Arquivo Publicado em 18/09/2012, às 10h45

None
2114610769.jpg

Familiares de Edson Braghin, 39 anos, registraram um boletim de ocorrência no dia 8 de junho desse ano, na cidade de Três Lagoas comunicando seu desaparecimento

Os familiares de Edson Braghin, 39 anos, registraram um boletim de ocorrência no dia 8 de junho desse ano, na cidade de Três Lagoas comunicando seu desaparecimento. Porém três meses depois não receberam qualquer informação que pudesse encontrá-lo.

De acordo com a irmã de Edson, Estela Braghin, ele sofre de epilepsia e por conta disso é obrigado a fazer uso contínuo de medicamento. Além disso, sofre de alcoolismo e pode estar apresentando quadro de amnésia pela falta de medicação.

Estela conta que na manhã do dia 8 de junho desse o viu pela última vez. Ela foi até a casa onde ele mora, que no mesmo quintal que o dela, e depois saiu. Ao retornar já próximo ao horário do almoço não o encontrou mais. Dois dias depois, conhecidos disseram que viram Édson no bairro Vila áurea, que fica na saída de Três Lagoas para Campo Grande.

Embora tenha quadro clínico que precisa de cuidados médicos, quando saiu de casa Edson estava em condições de falar seu nome completo e dizer onde mora. Por cinta da falta de medicação a família acredita que ele possa estar com dificuldade de comunicação.

Quem tiver informações concretas sobre o paradeiro de Edson pode entrar em contato com sua irmã Estela, por meio do telefone (67) 9286-2445. A família está oferecendo uma recompensa para quem informar corretamente onde ele está.

Jornal Midiamax