Geral

Falta de manutenção no Parque do Sóter incomoda frequentadores

O matagal ao redor do Parque do Sóter, na Mata do Jacinto, em Campo Grande, vêm incomodando quem caminha ou passa por ali diariamente. Ao Midiamax, os freqüentadores do local disseram que o abandono ocorre há cerca de três meses e ‘com certeza se trata de falta de vontade política, principalmente neste período de fim […]

Arquivo Publicado em 27/12/2012, às 14h43

None
1755882751.jpg

O matagal ao redor do Parque do Sóter, na Mata do Jacinto, em Campo Grande, vêm incomodando quem caminha ou passa por ali diariamente. Ao Midiamax, os freqüentadores do local disseram que o abandono ocorre há cerca de três meses e ‘com certeza se trata de falta de vontade política, principalmente neste período de fim de mandato’.


”Tenho certeza que agora não vão resolver nada, principalmente porque é final de mandato. Caminho aqui desde a inauguração e realmente faz um bom tempo que não limpam. O matagal está crescendo muito e daqui a pouco pode se tornar esconderijo para bandidos”, afirma o funcionário público José Alves, 46 anos.


Da mesma maneira disseram mãe e filha, respectivamente a enfermeira Kedna Sara, 44 anos e a estudante Sara Rachel, 15 anos. “Eles sempre fizeram a manutenção, mas neste último trimestre isso não aconteceu. Por conta disso troquei o horário da caminhada, principalmente porque fica muito escuro e não tenho coragem de passar nesse matagal em toda a extensão do parque”, comenta Kedna.


O Midiamax percorreu a extensão do parque e constatou o problema. Na entrada, encontramos o prestador de serviços-gerais Simão Jara, 56 anos. “Sempre faço a limpeza do local para a prefeitura, mas desta vez fui contratado para mexer apenas na entrada, já que estamos no final de ano”, garantiu Jara.


Dentro do local, freqüentadores do parque também reclamaram sobre os aparelhos de ginástica, já que alguns estavam quebrados e sem previsão de conserto. “Três aparelhos estão há um bom tempo quebrados. Um eles tiraram daqui e outros dois continuam sem manutenção”, afirmou o aposentado Aurélio Nabuco, 65 anos.


Questionado pelo Midiamax a respeito do problema, a assessoria de imprensa da prefeitura garante que o serviço de limpeza está sendo mantido.


“Nós possuímos uma agenda e estamos cumprindo o serviço, limpando praças e fazendo a manutenção. Quem quiser saber da programação pode ligar no telefone 3314-3676 ou entrar no site da prefeitura (www.capital.ms.gov.br).

Jornal Midiamax