Geral

Ex-Flamengo é denunciado por dirigir alcoolizado e tentar suborno

O volante brasileiro Willians, da Udinese, foi denunciado pela polícia de Udine por dirigir alcoolizado e estar sem habilitação. De acordo com o site CalcioWeb, ele ainda tentou subornar os oficiais para ser liberado. O incidente aconteceu na madrugada do dia 12 para o dia 13 de dezembro, às 2h da manhã (horário local), mas […]

Arquivo Publicado em 23/12/2012, às 21h36

None
1596272908.jpg

O volante brasileiro Willians, da Udinese, foi denunciado pela polícia de Udine por dirigir alcoolizado e estar sem habilitação. De acordo com o site CalcioWeb, ele ainda tentou subornar os oficiais para ser liberado.



O incidente aconteceu na madrugada do dia 12 para o dia 13 de dezembro, às 2h da manhã (horário local), mas apenas neste domingo o caso foi noticiado pela mídia italiana. Ele voltava de uma festa de alguns companheiros de equipe e foi parado pela polícia.



Willians alegou que estava sem a carteira de motorista e possuía um documento brasileiro, do qual não tinha tinha a posse na ocasião. Em sua companhia havia uma mulher de 20 anos, que segurava uma garrafa de cerveja.



O volante brasileiro fez o teste do bafômetro, que acusou 1,5g/l de álcool no sangue. No Brasil, 0,2g/l já é suficiente para haver multa. Ao ser flagrado, o ex-jogador do Flamengo teria oferecido mil euros (cerca de R$ 2,7 mil) a cada um.



Os oficiais teriam negado o suborno e chamaram um funcionário da Udinese para levar Willians e a mulher. O dono da Udinese, Giampaolo Pozzo, manifestou sua preocupação com o caso. “Não gosto nada dessa história. Quando uma coisa assim acontece, a sociedade vê que a responsabilidade é nossa”, criticou.


Jornal Midiamax