Geral

Ex-corintiano Arce entra em acordo econômico com clube e encerra greve na Bolívia

Após acordo entre o clube Oriente Petrolero e os jogadores  Juan Carlos Arce, ex-corintians, e Joselito Vaca, o sindicato dos jogadores bolivianos encerraram greve que adiou campeonato boliviano. A paralisação foi em solidariedade aos jogadores, que reclamavam dívida do clube. O presidente da Liga Profissional boliviana, Maurício Mendez, informou à imprensa que a questão foi […]

Arquivo Publicado em 24/07/2012, às 01h33

None

Após acordo entre o clube Oriente Petrolero e os jogadores  Juan Carlos Arce, ex-corintians, e Joselito Vaca, o sindicato dos jogadores bolivianos encerraram greve que adiou campeonato boliviano. A paralisação foi em solidariedade aos jogadores, que reclamavam dívida do clube.


O presidente da Liga Profissional boliviana, Maurício Mendez, informou à imprensa que a questão foi resolvida e que o torneio terá início na próxima quinta-feira, com a partida entre Bolívar e Blooming. Segundo Mendez, a competição continuará no final de semana.


Arce, que defenderá o Bolívar nesta temporada, disse que reduziu sua cobrança inicial de US$ 62 mil (R$ 162,48 mil), para facilitar o acordo com seu ex-clube, mas não entrou em detalhes do acerto. Já o presidente o Oriente Petrolero, Miguel Antelo, lamentou a pressão feita pelo sindicato dos jogadores, que paralisou a temporada de doze equipes, e exigiu que no futuro sejam seguidos os passos judiciais previstos.


Sobre a crítica de Antelo, o assessor dos Futebolistas Agremiados da Bolívia (Fabol), David Paniagua, apontou que outras 47 exigências de jogadores sobre pagamentos foram solucionadas antes do início da greve.

Jornal Midiamax