Geral

Eventos em Campo Grande ficam prejudicados por falta de hotel

A realização de mais de dois eventos fica prejudica devido a baixa oferta no número de leitos

Arquivo Publicado em 13/04/2012, às 20h32

None

A realização de mais de dois eventos fica prejudica devido a baixa oferta no número de leitos

A realização de eventos em Campo Grande tem sido prejudicada pela quantidade limitada de leitos na cidade. O Sindicato de Hotéis, Bares, Restaurantes e Similares, informou que o problema foi identificado há cerca de dois anos, porque a cidade começou a receber muitos eventos e que o Convention Bureau tem tentado ajudar para que mais de dois, não aconteçam no mesmo período. Levantamento da Fundtur (Fundação Estadual de Turismo) e do Sindicato, apontam que a Capital possui hoje 55 hotéis, com 2.556 quartos e 3.305 leitos.

Uma das entidades que está encontrando dificuldades para conseguir reservas é a OAB (Ordem dos Advogados do Brasil – seccional Mato Grosso do Sul). Organizadores do evento que será realizado na segunda quinzena do mês de abril informaram que estão com dificuldade para conseguir 20 quartos para os palestrantes. Uma das organizadoras, Janaína Gaspar, declarou que já procurou em diversos hotéis e obteve a informação de que até a Pousada Ipacaraí estará sendo utilizada como hotel no período.

Além disso, outro ponto apurado pela redação foi que praticamente todos os hotéis tem uma reserva técnica, na qual um número determinado de quartos fica bloqueado para uso de clientes preferenciais, como empresas e Governo do Estado, por exemplo. Estabelecimento que preferiu não se identificar, declarou que a pratica é comum e alguns hotéis chegam a reservar 70% de suas vagas, como o que tem contrato com as empresas aéreas.

O sindicato informou que o Convention Bureau tem ajudado os organizadores de eventos a conciliar as agendas para que incidentes como o desse final de mês – que terá evento do Banco do Brasil com cerca de 2 mil pessoas e o da SED (Secretaria de Estado de Educação) – não voltem a se repetir. Além disso, outros cinco hotéis devem ficar prontos até o final de 2012, aumentando a capacidade de hospedagem em 750 leitos.

Jornal Midiamax