Geral

Etapa de motocross reúne apaixonados pelo esporte; apenas duas mulheres competiram

Vitória Lima de 19 anos foi a única representante feminina na competição que não era realizada em Campo Grande há dois anos

Arquivo Publicado em 22/07/2012, às 19h49

None
1468410029.jpg

Vitória Lima de 19 anos foi a única representante feminina na competição que não era realizada em Campo Grande há dois anos

Campo Grande sediou neste domingo, 22, as finais das etapas de Cross Country e do Motocross Nacional e Internacional. As disputas foram na categoria 230 cilindradas.

Ao todo cinco categorias foram disputadas. Na nacional, o pódio ficou com Eliseo Ferreira, seguido Luan Machado e Pedrinho Godoy. Já na Cadete, Thiago Camargo, foi o 1º lugar, acompanhado por Rafael Lima, em segundo e Marcolino Fernandes em terceiro.

Na Sênior, Eliseo Ferreira, levou o segundo pódio do dia, seguido de Carlos Alencar e Walter lima Mello.

Na Força Livre Nacional, Pedro Godoi foi o campeão, acompanhado por Luan Machado e Eliseo Ferreira. E na Força Livre Importada, Marcos Vinicius foi primeiro colocado, seguido de Pedro Godoi, em segundo e Diego Pich, em terceiro.

Jhenifer Pereira e Vitória Lima, foram as únicas mulheres a disputar a prova e competiram na categoria Força Livre Nacional. Para Vitória, de 19 anos, e corre desde os 6 anos de idade, as disputas foram intensas e o evento foi bem organizado. “Corri em uma categoria que não é a que pratico. Larguei em terceiro, mas senti dores de uma contusão e acabei abandonando a prova”, lamenta ao comentar sobre a possibilidade de fazer uma corrida melhor.

Conforme a Federação de Motociclismo do Estado de Mato Grosso do Sul (Femems), há dois anos, Campo Grande não sediava uma competição de Motocross.


(Editado para acréscimo de informação no dia 23/7, às 14:10h.)

Jornal Midiamax