Geral

Estudo demonstra resultado promissor no tratamento do câncer de próstata com partículas de ouro

Uma nova técnica para o tratamento do câncer de próstata (*) foi apresentada na semana passada por pesquisadores da Universidade de Missouri, nos Estados Unidos. Trata-se da utilização de nanopartículas de ouro e de um composto encontrado em folhas de chás, como verde ou preto, para a destruição das células tumorais. Segundo o artigo publicado […]

Arquivo Publicado em 26/07/2012, às 18h51

None

Uma nova técnica para o tratamento do câncer de próstata (*) foi apresentada na semana passada por pesquisadores da Universidade de Missouri, nos Estados Unidos. Trata-se da utilização de nanopartículas de ouro e de um composto encontrado em folhas de chás, como verde ou preto, para a destruição das células tumorais. Segundo o artigo publicado pela revista da Academia Americana de Ciências (PNAS), a aplicação de duas injeções com as substâncias reduziria o tamanho do tumor em apenas 28 dias. Os testes com esta metodologia foram realizados em camundongos e se mostraram eficaz no combate à doença. Futuramente, serão realizados em cães. Ainda não há um prazo para que o tratamento aconteça com humanos.


De acordo com o Dr. Daher Chade (CRM-SP 105209), urologista do Instituto do Câncer do Estado de São Paulo (ICESP) e Presidente do Departamento de Urologia da Associação Paulista de Medicina, o benefício da nova técnica é que as substâncias agem diretamente no tumor, poupando órgãos vitais, normalmente afetados durante as sessões de quimioterapias. “Esta tecnologia tem um grande potencial de propiciar o surgimento de uma nova linha de pesquisa de tratamentos menos invasivos e mais eficazes que os disponíveis atualmente. No entanto, para que esta terapia possa ser utilizada em humanos, há um longo caminho de testes e estudos, pois nem sempre o mesmo sucesso obtido em pesquisas em animais pode ser transposto para uso clínico”, explica.


O Dr. Chade informa que as opções de tratamento do câncer de próstata mais utilizadas na fase inicial do tumor são a cirurgia (prostatectomia radical) e a radioterapia.  IncidênciaMais de 60 mil. É essa a previsão de novos casos de câncer de próstata feita pelo Inca – Instituto Nacional do Câncer, para 2012, no Brasil. O número de homens que devem receber o diagnóstico já supera a estimativa de mulheres com câncer de mama. 

Jornal Midiamax